Ação por compra de votos é ajuizada contra vereador eleito em São Miguel do Oeste

16/12/2016 - 23h18

A Justiça Eleitoral em São Miguel do Oeste, por meio do Cartório da 45ª Zona, recebeu, ainda na segunda-feira (12), a representação por compra de votos ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral contra o vereador eleito no município, Milto Annoni. A investigação é do MP e da Polícia Civil.

Conforme informações do Cartório Eleitoral, a representação por captação ilícita de sufrágio indica que Annoni promoveu a entrega de bebidas e alimentos a eleitores em eventos organizados por ele e seus cabos eleitorais para obter votos. O fato caracteriza compra de votos e o vereador, se condenado, pode perder o mandato.

Ainda conforme o Cartório, o juiz eleitoral determinou a notificação e apresentação da defesa em cinco dias, e o decorrer do processo fica para o final do mês de janeiro. O recesso é baseado na Portaria 307/2016 que suspende prazos de 19 de dezembro a 20 de janeiro.

Na defesa, Annoni poderá apresentar até seis testemunhas, além de provas documentais do caso.

Como o processo foi judicializado somente agora, o mesmo não impediu a diplomação do vereador eleito e nem impede a posse no dia 1º de janeiro. 





DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS