Biometria deve chegar a todos os eleitores até 2020, diz Gilmar Mendes

Segundo o TSE, para as eleições de 2018, pelo menos 80 milhões de pessoas aptas a votar devem estar registradas pelo sistema biométrico | Divulgação/TSE

Segundo o TSE, para as eleições de 2018, pelo menos 80 milhões de pessoas aptas a votar devem estar registradas pelo sistema biométrico | Divulgação/TSE

14/03/2017 - 14h03

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, disse hoje (13) que todos os eleitores devem estar cadastrados no sistema biométrico - pelas impressões digitais - até 2020. Segundo o ministro, para o pleito do próximo ano, pelo menos 80 milhões de pessoas aptas a votar devem estar registradas pelo novo sistema. “Certamente vamos concluir todo esse trabalho para as eleições de 2020”, enfatizou.

Segundo Mendes, a identificação pelas impressões digitais vai dar mais segurança a processos como o de coleta de assinatura para criação de partidos ou para projetos de lei de iniciativa popular. “Eu imagino que, tanto nos projetos de iniciativa popular quanto apoiamento de formação de partidos, nós teríamos agora a possibilidade de usar esse sistema da assinatura digital."


  • por
  • Kia Chavious
  • FONTE
  • Agência Brasil



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook