Cemitérios podem esconder focos de Dengue em Guaraciaba

30/01/2017 - 15h18

A Sala de Situação de Guaraciaba esteve reunida na última sexta-feira (27) para discutir assuntos ligados ao mosquito Aedes Aegypti no município. Conforme a Equipe da Dengue um dos possíveis criadouros do mosquito são os cemitérios, uma vez que já denominados através da Vigilância como pontos estratégicos.

A equipe faz alguns alertas para quem deseja levar flores aos túmulos deve optar pelas já plantadas, além de colocar areia no recipiente (pratinhos). Outra atenção deve haver com os vasos ou buracos fixos de túmulos, que podem acumular água de chuva. Flores de plástico não são uma boa opção, pois elas acumulam muita água, sendo que as floriculturas do município também já foram orientadas para que não vendam flores com embalagens, somente com o vaso.  

É necessário também que as famílias façam uma vistoria periódica nos túmulos de seus familiares, uma vez que é de responsabilidade de cada família. Os cuidados devem ser tanto para os túmulos quanto para as casinhas

Além dos cemitérios, é essencial que se inicie o combate à Dengue dentro de casa, eliminando recipientes com água parada, descartando pneus velhos, limpando com frequência e mantendo tampadas e teladas as caixas de água. Os sintomas mais comuns da Dengue são febre, dor de cabeça, nos olhos e no corpo e perda de apetite. Somente no mês de janeiro Guaraciaba já somou oito casos suspeitos de dengue, porém todos negativados. 


  • por
  • Kia Chavious
  • FONTE
  • Cinthia Borsatto/ Assessoria de Imprensa



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook