Contribuintes podem destinar parte do Imposto de Renda ao Fundo da Infância e Adolescência
Administração Municipal e representantes da área contábil estão orientando procedimento.

15/03/2018 - 20h23

O prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, reuniu na manhã desta quinta-feira (15), em seu gabinete, representantes da área contábil do município para tratar assuntos referentes ao FIA (Fundo Especial para Infância e Adolescência).


Na oportunidade, estiveram reunidos com Trevisan, Ademir Orso, delegado do Conselho Regional de Contabilidade, Clonice Haas, coordenadora do Núcleo dos Contadores, e Oséias Chagas, presidente do Sindicato dos Contabilistas.


Por meio do FIA, que está vinculado ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, é possível captar recursos que são canalizados para o atendimento da população infanto-juvenil, além da ampliação de programas, ações e serviços destinados a este público.


Durante o encontro, o prefeito solicitou aos contadores que seja feito um trabalho no sentido de incentivar as pessoas a contribuírem com o FIA, destinando uma parte em valores para entidades e associações do município. Ele lembra que a pessoa não paga nada a mais por isso, somente define que uma parte de seu imposto será destinado para beneficiar crianças e adolescentes de seu município.


No ano passado, a iniciativa de mobilizar a população em torno deste objetivo, já foi tomada, por intermédio do secretário de Desenvolvimento Sustentável, Renato Romancini, e da secretária de Assistência Social, Marta Sotilli.


“Queremos motivar as pessoas para que destinem um valor ao FIA até o final do mês de abril, quando encerra a declaração do Imposto de Renda. Qualquer pessoa física ou jurídica pode efetuar doações ao Fundo, sejam bens materiais, imóveis ou recursos financeiros”, explicou Trevisan.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Ascom/Prefeitura



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook