Gasolina cai 6,35% e gás de cozinha sobe 8,5% nas refinarias, anuncia Petrobras

06/11/2018 - 12h56

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira, dia 5, a queda de 6,35% no valor da gasolina e a elevação de 8,5% no preço do gás de cozinha nas refinarias. Os reajustes passam a valer a partir desta terça-feira, dia 6.

De acordo com a agência Reuters e o site G1, com o novo corte na gasolina, o combustível registra a maior queda já feita pela estatal desde o anúncio da nova política de reajustes diários, em vigor desde julho do ano passado. O novo valor médio da gasolina nas refinarias passa a ser de R$ 1,7293 o litro.

Em contrapartida, o preço médio do botijão de gás de cozinha de 13 kg, vendido às distribuidoras, passa para R$ 25,07 a partir de terça-feira. O preço estava congelado em R$ 23,10 desde julho.

Segundo a Petrobras, o aumento ocorre principalmente devido à desvalorização do real frente ao dólar e a elevações nas cotações internacionais do GLP.

O valor do botijão vendido às distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor. Além de terem liberdade para praticar preços, as distribuidoras devem ainda incorporar o valor de impostos e outros custos.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), os consumidores pagaram em média R$ 68,59 pelo botijão na semana passada. Na semana anterior, o valor havia ficado em R$ 68,34.

Com isso, a empresa explicou que o botijão acumulará alta de R$ 0,69, ou 2,8% desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais. A referência para os preços, segundo a Petrobras, continua a ser a média dos preços do propano e butano comercializados no mercado europeu, acrescida da margem de 5%.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS