Governo anuncia que SC terá 14 escolas com ensino médio integral

22/11/2016 - 23h02

Pela primeira vez Santa Catarina terá escolas estaduais com ensino médio integral no próximo ano letivo. No total, 14 unidades aderiram ao programa, informou o governo estadual nesta terça-feira (22).

Segundo a Secretaria, 14 escolas de todas as regiões aderiram ao programa: EEB Tancredo Neves de Almeida (Chapecó), EEM Elfrido Cristino da Silva (Itajaí), EEB Wanderlei Junior (São José), EEB Dom Jaime de Barros Câmara (Florianópolis), EEB Nereu Ramos (Santo Amaro da Imperatriz), Eng. Annes Gualberto (Joinville), EEB Senador Rodrigo Lobo (Joinville), EEB Pres. Médice (Joinville), EEB Professor Eleodoro Borges (Jaraguá do Sul), EEB Mater Dolorum (Capinzal), EEB Almirante Barroso (Canoinhas), EEB Prof. Padre Shuller (Criciúma), EEB Caetano Bez Batti (Criciúma) e EEB São Vicente (Itapiranga).

Nessas unidades, haverá quatro dias de aulas das 7h30 às 17h15 e um dia das 7h30 às 12h15, com as refeições na escola.

No ensino médio integral, de acordo com a Secretaria, as disciplinas tradicionais são agregadas em quatro áreas de conhecimento: matemática, linguagens, ciências humanas e ciências da natureza.

Mudanças no currículo
O currículo também inclui um núcleo com novas disciplinas com projetos voltados a planejar o próprio futuro, melhorar a realidade em que vivem, pesquisar e estudar. São eles: estudos orientados, projeto de pesquisa, projeto de intervenção e projeto de vida.

"Amplia, por exemplo, a carga horária de língua portuguesa e matemática para poder dar uma base muito mais forte para os alunos. E a principal novidade é o que a gente chama de um núcleo integrador, de um núcleo articulador, onde os professores de cada uma das disciplinas vão trabalhar com estudantes a partir do projeto de vida do estudante, projetos de intervenção no entorno da comunidade da escola ou na própria escola, fazer uma integração melhor daquilo que o estudante vai vendo em cada uma das disciplinas", disse o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps.

Matrículas
A Secretaria de Estado da Educação também anunciou nesta terça-feira (22) as datas para as matrículas na rede estadual de Santa Catarina: de 24 de novembro a 2 de dezembro.

Para fazer a matrícula, os documentos necessários são: certidão de nascimento ou carteira de identidade, fotocópia do CPF (opcional para alunos do ensino fundamental), histórico escolar (a partir do 2º ano do ensino fundamental), atestado de frequência (em caso de transferência) e cartão de vacina ou declaração dos pais ou responsáveis de que o estudantes está com as vacinas em dia.

Os critérios usados para a matrícula são o zoneamento, em que é escolhida a escola mais próxima da casa do aluno ou do trabalho dos pais, e a data de corte, de alunos do 1º ano do ensino fundamental com 6 anos completos até 31 de março de 2017.

Reformas
Para o ano letivo de 2017, no primeiro semestre, a Secretaria vai entregar pelo menos 19 unidades escolares revitalizadas, 14 novas escolas de ensino médio e seis novos prédios para escolas de ensino médio já existentes, incluindo os Centros de Educação Profissional (CEDUPs), além do Complexo Esportivo Ivo Silveira. Para o segundo semestre estão programadas mais cinco novas escolas.





DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook