Grêmio joga mal e leva 2 a 0 do Palmeiras

Derrota praticamente elimina as chances gremistas de título no Brasileirão

Derrota praticamente elimina as chances gremistas de título no Brasileirão

14/10/2018 - 23h29

O Grêmio foi dominado o jogo inteiro e perdeu por 2 a 0 para o Palmeiras, neste domingo. O Tricolor mostrou pouca inspiração, falhas imensas de marcação nos flancos e não teve resposta para a superioridade dos comandados de Felipão. Com o resultado, fica em quinto no Brasileirão, com 51 pontos. O Verdão segue na liderança, com 59. Agora, os gremistas vão tentar a recuperação contra o América-MG, sábado. O Palmeiras encara o Ceará no domingo.

A primeira etapa foi de extrema dificuldade e de falhas para o Tricolor gaúcho. O Grêmio escancarou um corredor no lado esquerdo e ainda teve problemas para criar. O prejuízo de 1 a 0 contra os comandados de Renato Portaluppi acabou barato para o conjunto da obra.

Palmeiras faz gol ao natural

O gol do time paulista veio logo aos sete minutos, já na terceira falha de marcação do segmento defendido por Marcelo Oliveira, Bressan e Pepê. Dudu foi lançado nas costas do lateral e cruzou. Deiverson chegou antes de Geromel e cutucou para longe do alcance de Paulo Victor. Em nova investida pelo flanco, Bressan teve de fazer a falta para evitar mais problemas. Aí foi Paulo Victor que trabalhou, ao saltar rente ao poste direito para tirar o que seria um golaço de Diogo Barbosa.

A única resposta efetiva do Tricolor veio aos 14 minutos. Melhor jogador da equipe na etapa, Cícero viu a entrada de Pepê na área e serviu com categoria, pelo alto. A cavadinha chegou certeira na cabeça do atacante, que nem precisou pular. Com a meta à disposição, porém, ele desviou por cima.

Depois de contribuir na frente, Cícero teve que fazer hora-extra lá atrás. Aos 26 minutos, de novo atrás de Marcelo Oliveira, Dudu tabelou com Deiverson e saiu na cara do gol. Paulo Victor tirou com o pé, mas ficou à feição de Willian. Ele chutou sem goleiro, mas o volante gremista se atirou na frente da bola para tirar na risca do gol.

Antes do intervalo, Dudu ainda puxou duas boas chances pelo flanco, uma delas abafada por Paulo Victor. Na última, ganhou, driblou Geromel que apareceu no desespero para cobrir e chutou forte. Paulo Victor fechou o ângulo para defender e manter o 1 a 0.

Grêmio troca, mas não muda

Renato tentou mudar a história do jogo com Marinho no lugar de Pepê. Alisson assumiu o flanco esquerdo, na tentativa de parar o corredor ofensivo do Palmeiras. Melhorou, mas não deu condições do Tricolor fazer uma resposta efetiva.

Dudu continuou muito perigoso e, aos 15 minutos, invadiu a área driblando. Ele tentou superar Marcelo Oliveira e desabou. Pediu pênalti, mas não levou.

O Grêmio respondeu com aquele que seria seu segundo chute no jogo, numa cobrança de falta. Luan bateu direto, cheio de veneno, mesmo com pouco ângulo. A bola passou do goleiro, mas também contornou o travessão.

Sem grandes mudanças, o Tricolor manteve as dificuldades e viu o Palmeiras rondar a área pelo segundo gol. Ele quase veio aos 24 minutos. Dudu aproveitou falha de Maicon e disparou com a bola dominada para a área. Ele teve tempo para pensar o chute, mas parou numa grande defesa de Paulo Victor, que tirou com o pé.

Para piorar, o Tricolor perdeu Luan, com dores no pé. Renato praticamente abdicou de propor o jogo ao colocar Thaciano no lugar de Luan. Sem articulação, o Grêmio ficou ainda mais pressionado. Pressão que virou gol numa falha terrível de Bressan. O zagueiro tentou dar um balão para cima na frente da área, tropeçou e caiu. Sobrou livre para Deiverson, que agradeceu o favor com um chutaço para o 2 a 0, sem chances para Paulo Victor.

Renato ainda lançou André no lugar de Jael e o time passou a apostar nas bolas longas para a área. Nada efetivo, porém, e a partida se encaminhou ao fim sem mudança no 2 a 0.

Ficha técnica

Palmeiras (2)

Fernando Prass; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Jean), Bruno Henrique e Moisés; Willian (Lucas Lima), Dudu (Hyoran) e Deyverson.

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Grêmio (0)

Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Bressan e Marcelo Oliveira; Maicon, Cícero, Luan (Thaciano), Alisson e Pepê (Marinho); Jael (André).

Técnico: Renato Portaluppi

Gols - Deyverson, aos 7 minutos do primeiro tempo. Deyverson, aos 33 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP). 


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • CP



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook