Grêmio vence Gre-Nal no Beira-Rio, e quartas do Gauchão terão mais dois clássicos

11/03/2018 - 19h39

banner responsivo

Trezentos e setenta e três dias depois, o Gre-Nal voltou ao cotidiano dos gaúchos com tudo aquilo que se espera dele. E até fatos inéditos. Teve confusão – no cara e coroa –, substituição de árbitro, emoção e muito futebol. Com cada time melhor em um tempo, saiu vitorioso aquele que aproveitou mais as chances. Assim, Luan marcou duas vezes e deu a vitória ao Grêmio por 2 a 1 na tarde deste domingo em pleno Beira-Rio, em duelo adiado da sexta rodada do Gauchão. Rodrigo Dourado fez para o Inter.

PRIMEIRO TEMPO
Os tricolores mandaram em campo e fizeram o que bem entenderam. Luan mostrou a razão de ser o melhor jogador da América. O camisa 7 passou pela marcação quando quis e distribuiu passes – em dois deles, Jael e Everton erraram na cara do gol. A marcação do Inter, aliás, deixou o Tricolor chegar aos gols. Aos 24 minutos, Jaílson encontrou Cortez livre. O lateral-esquerdo cruzou para Luan, que estufou as redes Marcelo Lomba. Dois minutos depois, em mais um erro do sistema defensivo, Víctor Cuesta atropelou Everton dentro da área. Pênalti. Luan bateu e ampliou. Perdido em campo, o Colorado apelou para faltas e tentou intimidar os gremistas, mas sem sucesso.

SEGUNDO TEMPO
Odair Hellmann decidiu mudar no intervalo. Sacou Dudu, envolvido pelo lado direito de defesa, e colocou Gabriel Dias. Edenílson foi para a lateral. Logo aos dois minutos, D’Alessandro cobrou escanteio e Rodrigo Dourado testou para diminuir. O Inter incendiou o jogo e inverteu toda a lógica do primeiro tempo. Mas o empate não veio. Roger, Nico López e D’Alessandro tiveram boas oportunidades. E o Grêmio só se defendeu. No fim, sobrou tempo para um princípio de confusão entre Gabriel Dias e Geromel.

E AGORA? GRE-NAL DE NOVO!
Ameaçado de ficar fora das quartas de final, o Grêmio confirmou o avanço na competição com a vitória. Terminou em sexto lugar, com 16 pontos. De quebra, o Tricolor tirou o maior rival da liderança. O Inter ficou nos 18 e caiu para terceiro. Ou seja, pela formatação dos confrontos, as duas equipes voltarão a medir forças na próxima fase, com a primeira partida na Arena e a segunda no Beira-Rio. Mais uma vez não haverá Gre-Nal na final do Gauchão.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook