Inaugurada a Subestação da Celesc de Maravilha
Com investimento de R$ 11 milhões, a obra integra o plano de expansão do sistema da Celesc para melhor atender a região Oeste de SC.

09/03/2018 - 12h44

Nesta quinta-feira (08), a Celesc e o Governo do Estado inauguraram a Subestação Maravilha, obra que faz parte do plano de expansão do sistema da Celesc para melhor atender a região Oeste do estado. Com investimentos que somaram R$ 11 milhões, a nova subestação está conectada ao sistema de 138mil Volts e representa um incremento de 50% na quantidade de energia disponível para mais de 21 mil unidades consumidoras.

Estrategicamente posicionada, além de Maravilha a obra beneficia os municípios de Iraceminha, Flor do Serão, São Miguel da Boa Vista, Santa Terezinha do Progresso e a área rural de Tigrinhos. "A subestação Maravilha vem aumentar a confiabilidade e a robustez do sistema de toda a região, garantindo energia de alta qualidade a um mercado formado especialmente por agroindústrias e com forte presença de laticínios de grande porte", afirmou o presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

A unidade foi projetada para assegurar a qualidade de energia pelos próximos sete anos, considerando-se as atuais taxas de crescimento do mercado existente, sem que haja necessidade de ampliação da estrutura. O governador Eduardo Pinho Moreira destacou em seu discurso: "Esta obra da Celesc traz energia de qualidade e em quantidade suficiente para trazer mais empresas a essa região. O Governo proporcionará, cada vez mais, infraestrutura para o desenvolvimento de Maravilha e demais municípios".

Especificações sobre a obra da SE Maravilha:

- Tecnologia de ponta que permitirá que a subestação opere de forma remota e teleassistida, integrada ao Sistema Digital de Supervisão e Controle da Celesc;

- Tensão de operação de 138 mil Volts, com subestação atendida por duas Linhas de Transmissão provenientes do seccionamento da LT Pinhalzinho – São Miguel D’Oeste II;

- Dimensionada para melhorar a qualidade e confiabilidade do atendimento à região e para comportar o crescimento do setor industrial e do agronegócio nos próximos sete anos, sem necessidade de ampliação;

- Atende a mais de 21 mil unidades consumidoras localizadas em Maravilha, Iraceminha, Flor do Serão, São Miguel da Boa Vista, Santa Terezinha do Progresso e área rural de Tigrinhos;

- Esta obra também desafoga a carga da Subestação da Celesc em Pinhalzinho, beneficiando indiretamente toda a região atendida por aquela subestação. 



  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook