MPSC oferece denúncia criminal contra vereador e irmão presos por tráfico e associação ao tráfico

25/04/2018 - 16h05
Na data de hoje (25/4), a Promotoria de Justiça de Pinhalzinho ofereceu denúncia criminal contra o vereador Adriano Jonatas Dallagnol e seu irmão Deiviz Rodrigo de Castro Dallagnol, pela prática de crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. O Ministério Público se manifestou também pela conversão da prisão temporária em preventiva de Adriano, e pela manutenção da prisão preventiva de Deiviz.

Durante a investigação realizada pela Polícia Civil de Pinhalzinho, apurou-se que os denunciados Adriano e Deiviz integravam associação criminosa destinada à distribuição de cocaína e ecstasy no município de Pinhalzinho e outros municípios da região oeste catarinense.

A denúncia oferecida pelo Ministério Público será analisada pela Justiça, que decidirá se a recebe ou não, bem como decidirá a respeito das prisões dos denunciados.

Na semana que passou, o Ministério Público ofereceu denúncia criminal também contra Leonardo Felipe Dias de Abreu e Leonardo Estrais, traficantes que integravam a mesma associação criminosa, e eram os responsáveis pela distribuição “no varejo” de cocaína e ecstasy a usuários de drogas em Pinhalzinho e região. Em relação a eles, as denúncias já foram recebidas e as prisões preventivas foram mantidas pelo Poder Judiciário.

  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS