Polícia encontra corpo esquartejado no interior de Caçador
A suspeita é de que seja um assassino em série.

01/05/2016 - 13h13

A Polícia Civil de Caçador localizou um corpo esquartejado e enterrado em uma propriedade rural nas proximidades da Epagri. Segundo o delegado Eduardo Mattos, o corpo é do jovem Lucas Pereira, de 22 anos, desaparecido desde o dia 22 de abril. O suspeito do homicídio foi preso, e no celular dele a polícia encontrou um vídeo onde mais duas pessoas, ainda não identificadas, aparecem sendo mutiladas.

Segundo o delegado, o caso era investigado desde o sumiço de Lucas. Após a prisão do suspeito na sexta-feira, 29, a polícia intensificou a busca pelo corpo, que foi encontrado neste sábado, 30, enterrado e esquartejado.

A Polícia Civil solicitou apoio a Coordenadoria de Cinotecnia (CAES) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e deslocou dois Binômios (Condutor e Cão) de Xanxerê, onde estes estavam realizando prova de certificação Internacional, até a localidade, levando-os com a aeronave do SAER. Os Bombeiros Voluntários estavam no local. O CAES dos Bombeiros encontraram o Corpo.

O nome do suspeito preso é Fábio da Silva, de 22 anos. Segundo a polícia, o autor e vítima teriam discutido em uma festa. O delegado definiu o criminoso como um psicopata. Ele acredita ainda que pode se tratar de um assassino em série, por conta dos vídeos encontrados no celular de Fábio, onde ele aparece mutilando outras duas pessoas.

Atuação deste tipo é pioneiro no Brasil. Cães do CBMSC já atuaram em todo o Brasil e hoje exporta tanto o treinamento quanto genética para todas as instituições do país. Nesta certificação, um binômio do Batalhão conseguiu a sua certificação Internacional. O 1° Tenente Moura de Maravilha e seu cão Jhonny agora estão aptos a realizar buscas em qualquer lugar do mundo.





DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook