Polícia investiga empresário que usava selos do INMETRO falsos em extintores de incêndio

23/06/2018 - 11h12

A Polícia Civil de Maravilha realizou na tarde desta sexta-feira (22), busca e apreensão em uma residência no bairro Bela Vista e em uma empresa no centro da cidade. Há meses o Setor de Investigação vinha investigando extintores com possível adulteração.

Conforme o delegado, Leonardo Zambelli, durante as buscas foram localizados, no veículo do investigado, 44 lacres de manutenção de extintores falsificados.

Já na empresa, foi apreendido um notebook que continha arquivos com os lacres que eram enviados para impressão em uma gráfica. Ainda, foi apreendido um aparelho telefônico que possuía conversas relacionadas à falsificação.

O empresário foi conduzido até a Delegacia e em seu interrogatório confessou que realizava a falsificação, o que lhe rendia cerca de R$ 30,00, por extintor. Isso porque, inseria o selo falsificado com a nova data de validade, deixando assim de enviar o extintor para manutenção por empresa autorizada pelo INMETRO e vendendo-o como se fosse recondicionado.

Desta forma, os consumidores compravam produtos já vencidos, acreditando que os mesmos estavam em condições de uso.

Segundo o delegado, serão realizadas novas diligências com a oitiva de novas testemunhas. Após a conclusão do caderno indiciário o suspeito poderá ser indiciado por crime contra as relações de consumo e de falsificação.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • PC



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook