Policiais e Bombeiros participam de homenagem ao policial morto

19/03/2018 - 18h14

Por um minuto, às 17 horas em ponto, as forças de segurança em todos os municípios do Estado prestaram continência com a sirene e giroflex ligados nas viaturas.

Na tarde desta segunda-feira (19), o 11° Batalhão de Polícia Militar de Fronteira participou juntamente com Policiais Civis e Bombeiros Militares (Forças de Segurança), de uma homenagem que aconteceu a nível estadual. Em São Miguel do Oeste foi realizado na praça Municipal Walnir Bottaro Daniel, prestando a última continência de UM MINUTO, ao militar morto, o Sargento Claudecir Barrionuevo de Chapecó.

Entenda como aconteceu:

O Sargento Claudecir Barrionuevo estava de folga quando furtaram sua caminhonete em Chapecó. Em buscas pela região, usando o carro do irmão, encontraram os suspeitos dentro da caminhonete. Na perseguição, os criminosos perderam o controle da direção do veículo, bateram a caminhonete e fugiram a pé.

O sargento seguiu os homens a pé e viu os dois suspeitos roubarem outro carro, um Voyage, de uma família, tentou fazer a prisão dos suspeitos, mas foi atingido por dois disparos. Os bandidos ainda roubaram a arma do policial e fugiram com o Voyage.

Cerca de sete horas após o crime, policiais em busca encontraram os suspeitos. Um deles foi morto em conflito com a Polícia e outro foi preso. O homem que morreu em conflito tinha diversas passagens por furto de carros, roubos e arrombamentos.

O Sargento Claudecir Barrionuevo tinha 24 anos de carreira, casado e tinha três filhos. O velório ocorreu na Igreja Renovar em Cristo e o sepultamento foi no Jardim do Éden.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS