Produtores rurais de São João do Oeste conhecem Rota de Iraceminha

Produtores rurais de São João do Oeste, durante visita à Rota do Campo

Produtores rurais de São João do Oeste, durante visita à Rota do Campo

16/08/2018 - 14h56

Acompanhado pelo vice-prefeito de São João do Oeste, Genésio Anton, um grupo formado por 24 produtores rurais visitou, no último fim de semana, a Rota do Campo de Iraceminha. Além de aproveitar momentos de lazer, apreciar as belezas naturais e a boa gastronomia, o objetivo foi conhecer a experiência bem-sucedida de turismo rural e, com isso, obter inspiração para investir no segmento no município. No local, o grupo foi recebido pelo guia turístico e pelo consultor credenciado ao Sebrae/SC, Roni Rodrigues de Brito.

Situada no extremo oeste catarinense, a 100 km de Chapecó e a 740 km de Florianópolis, o município conta com aproximadamente 4.500 habitantes e se destaca com a promoção de festas e eventos, produção de vinho, cachaça, frangos, suínos, leite e cereais. A Rota do Campo de Iraceminha oferece atrativos como o portal do vinho, café colonial, centro de memórias, trilha ecológica, cachoeira, casa de ervas medicinais, camping, cantina, moinho, casa italiana, gruta, pousada, entre outros.

A concretização do projeto é resultado do Programa de Desenvolvimento Territorial (DET) que teve foco para o turismo, implementado no município pela Prefeitura em parceria com o Sebrae/SC no período de 2015 a 2017.

O coordenador regional extremo oeste do Sebrae/SC, Udo Trennepohl, enfatiza que DET encerrou, mas as ações com foco para o turismo, realizadas em parceria com a AMEOSC continuam com o objetivo de criar uma Rota de Turismo no extremo oeste com diversos segmentos e setores para serem articulados e comercializados.  “A Rota de Iraceminha já está sendo reconhecida pela qualidade dos serviços oferecidos aos visitantes, o que demonstra que existe potencial de crescimento e desenvolvimento do turismo em toda a região”. 

SÃO JOÃO DO OESTE

São João do Oeste possui entre os principais atrativos a Igreja Matriz São João Berchmans, a Gruta Nossa Senhora de Lourdes, o Parque Termas São João (águas termais) e as festas e eventos tradicionais, com destaque para a culinária e as danças típicas germânicas. O objetivo é investir no segmento, visando fortalecer o turismo local e dar visibilidade às atrações existentes, além de oferecer opções diferenciadas aos turistas que circulam pela região.  


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • MB Comunicação



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS