São Miguel do Oeste recebe o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres

01/03/2018 - 15h45

O Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) de São Miguel do Oeste é um marco para as ações de Defesa Civil na região Extremo-oeste. A estrutura, inaugurada na manhã desta quinta-feira, 1º, possui cerca de 160 metros quadrados e foi construído com nove módulos de ferro galvanizado.

O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, destacou que a ação vai resultar em uma resposta mais rápida para a população da Região. "Estamos interligando todo o Estado. Em Florianópolis entramos na fase final do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres. Temos que pensar em integração, onde todos os agentes do Governo Estadual trabalhem na mesma sintonia facilitando e direcionando as ações em crises", explicou Moratelli.

A estrutura é autossuficiente, capaz de permanecer operacional mesmo com falta de energia elétrica na cidade.  Foram disponibilizados equipamentos modernos, sala de reunião e situação, garagem, depósito, banheiro e cozinha. No total, foram investidos cerca de R$ 850 mil.

O Cigerd foi construído graças a uma parceria da Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC) e o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) que cedeu o terreno na Rua Marcílio Dias, Centro de São Miguel do Oeste. O novo espaço oferece ferramentas mais eficientes para garantir uma ação de qualidade junto aos municípios. O Centro regional vai integrar os órgãos envolvidos na Defesa Civil com os municípios, que serão melhor preparados.

O secretário executivo da Agencia de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Volmir Giumbelli, destacou que a sala de operação possibilita ações mais planejadas. "Essa estrutura não serve apenas para a defesa civil, poderá ser usada em qualquer evento que coloque em risco a saúde ou a segurança da população", disse, lembrando de todo o trabalho já realizado pela SDC que fortalece a importância do planejamento.“A Secretaria de Estado da Defesa Civil está de parabéns, não apenas por essa ação, mas por todo trabalho realizado”, completou Giumbelli.

O Cigerd Regional de São Miguel do Oeste atende os 19 municípios da Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (Ameosc). São eles: Anchieta, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso, Dionísio Cerqueira, Guaraciaba, Guarujá do Sul, Iporã do Oeste, Itapiranga, Mondaí, Palma Sola, Paraíso, Princesa, Santa Helena, São João do Oeste, São José do Cedro, São Miguel do Oeste e Tunápolis.

No total a secretaria de Estado da Defesa Civil está implantando 20 centros do mesmo modelo por todo o Estado. A exemplo do Cigerd Regional de São Miguel do Oeste, todos são interligados com a base em Florianópolis. Isso facilita a gestão da crise e possibilita uma resposta rápida ao cidadão.





DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook