SETEMBRO AMARELO: Rede de atendimento participa de treinamento sobre prevenção ao suicídio

14/09/2018 - 16h12

A Secretaria Municipal de Saúde de São Miguel do Oeste, por meio do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), realiza nesta sexta-feira (14), no Salão Nobre da Prefeitura, um treinamento sobre prevenção ao suicídio, em alusão à campanha “Setembro Amarelo”. A capacitação, que iniciou às 08h e se estende durante o dia todo, é conduzida pela Doutora Ticiana Paiva de Vasconcelos, de Campinas (SP), da Ápice Psicologia.

De acordo com a psicóloga do CAPS, Gabriela Marin, o evento é voltado aos profissionais da Secretaria de Saúde (ESFs, CAPS, NASF e UPA 24h), com participação, ainda, de representantes das secretarias de Assistência Social e de Educação, Hospital Regional Terezinha Gaio Basso e Centro de Valorização da Vida (CVV).

ALARMANTE

Anualmente, mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, o que significa um óbito a cada 40 segundos, aproximadamente. Estima-se que cerca de 90% dos casos possam ser prevenidos. Esta já é a segunda causa de mortes evitáveis entre jovens de 15 a 29 anos.

PREVENÇÃO

“Precisamos estimular as pessoas a falarem sobre este assunto, a prestarem atenção quando alguém falar em suicídio e não fazer julgamentos. Também estamos divulgando o número de telefone que atende 24 horas as pessoas que pensam em cometer suicídio, que é o 188”, salienta Gabriela.

A psicóloga ressalta ainda, a importância de prestar atenção aos sinais de que uma pessoa com propensão ao suicídio pode apresentar, como alteração no comportamento, isolamento e algumas frases de alerta: “Não aguento mais esta vida”; “Não quero acordar mais”; “Quando eu me for, vocês não terão mais com o que se preocupar”...

AJUDA

O secretário municipal de Saúde, Leonir Caron, lembra que, em São Miguel do Oeste, também é possível buscar ajuda nos ESFs, CAPS e CVV. E até mesmo com algum amigo, familiar, psicólogo, médico ou profissional de confiança.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS