Trevisan anuncia readequações no trânsito em São Miguel do Oeste
Modificações estão embasadas em questões técnicas e de praticidade.

16/07/2018 - 12h08

Depois de um período de experiência com o novo modelo, foi observada pela Administração Municipal de São Miguel do Oeste, junto com o Departamento Municipal de Transito, a necessidade de algumas readequações na área central.

O prefeito Wilson Trevisan afirmou que, como era do conhecimento de todos, haveria uma avaliação após este primeiro mês de implantação. Para isso, a municipalidade teve encontro com representantes da empresa que implantou o projeto e, durante, o Gabinete em Movimento da última semana, nas secretarias de Planejamento e de Urbanismo, esteve verificando os locais para uma análise mais técnica e de praticidade.

O anúncio das alterações foi feito na manhã desta segunda-feira (16) e contempla as duas quadras de mão única da Rua Sete de Setembro, entre a Marcílio Dias e a XV de Novembro, que voltarão a ter mão dupla. O mesmo acontecerá com uma quadra da rua Almirante Tamandaré, entre a Marcílio Dias e a Santos Dumont. Já na Marcílio Dias, o sentido de mão única será estendido até a rua 22 de Abril, após a garagem da Reunidas. Também serão instalados redutores para o controle de velocidade. Outra alteração que começará a valer em data ainda a ser confirmada, diz respeito ao horário de operação do Estacionamento Rotativo, que começará a funcionar meia hora mais cedo (8h), e terminará meia hora mais tarde (18h), e deixará de ser cobrado no horário do almoço, entre às 12h e 13h. E, ainda, ajustes nas rotatórias da avenida Getúlio Vargas com a XV de Novembro, e da XV de Novembro com Sete de Setembro, e quando houver disponibilidade de vagas a ampliação para 4h o tempo de permanência na mesma vaga.

“Nos últimos dias ouvimos muito a população, discutimos questões técnicas e avaliamos os locais para tomarmos estas decisões. Estas medidas vão atender praticamente todas as reivindicações da comunidade. Algumas serão executadas de imediato e, as demais, dentro de um prazo de 30 dias”, explicou o prefeito.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Ascom/Prefeitura



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

SIGA-NOS