Advogados de Lula não comentam resultado após julgamento no STF: 'Precisamos refletir'

Advogado José Roberto Batochio, um dos defensores de Lula

Advogado José Roberto Batochio, um dos defensores de Lula

05/04/2018 - 01h27

O advogado José Roberto Batochio, um dos responsáveis pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, evitou comentar o resultado do julgamento do habeas corpus do ex-presidente no Supremo Tribunal Federal (STF) concluído na madrugada desta quinta-feira (5).

 

Por 6 votos a 5, os ministros do Supremo negaram o habeas corpus preventivo apresentado pela defesa com o objetivo de impedir a prisão de Lula. O julgamento durou quase 11 horas, e o resultado foi proclamado na madrugada desta quinta-feira (5) pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia.

 

Agora, a execução da prisão depende do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que, em janeiro, condenou Lula a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá (SP).


Questionado sobre que análise fazia do resultado do julgamento, Batochio respondeu: "Sem análise. Primeiro, nós precisamos refletir sobre o que nós ouvimos".


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • G1



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook