Aeroporto de Chapecó receberá R$ 10 milhões

Foto: Prefeitura de Chapecó / Divulgação

Foto: Prefeitura de Chapecó / Divulgação

19/12/2017 - 16h01

O termo de compromisso para liberação dos recursos de R$ 10 milhões para o novo terminal de passageiros do aeroporto Serafim Enoss Bertaso será assinado às 19h00 desta terça-feira, no Ministério dos Transportes.

O termo foi entre o ministério e a secretaria de Infraestrutura do Estado.

O governo federal vai liberar R$ 8,5 milhões e, o estado, mais R$ 1,5 milhão, de contrapartida.

Como o aeroporto é subdelegado do Estado para o município de Chapecó o prefeito Luciano Buligon (PSB) também participará da solenidade.

Com a assinatura do termo os recursos já ficarão previstos no orçamento do próximo ano e serão liberados conforme a execução da obra.

O diretor de transportes da secretaria de Infraestrutura do Estado, José Carlos Müller Filho, prevê que a obra vai iniciar no primeiro semestre de 2018.

- O próximo passo é a validação do orçamento pela Secretaria de Aviação Civil, o que deve ocorrer em janeiro; em fevereiro a secretaria lança a licitação, que deve durar 60 a 70 dias, depois começa a obra que tem previsão de conclusão de oito meses – afirmou Müller.

A obra vai dobrar a capacidade do atual terminal, de 1,1 mil metros quadrados para 2,4 mil metros quadrados.

O objetivo é dar mais conforto aos passageiros. O movimento no aeroporto de Chapecó cresceu cerca de 10% neste ano. Já são 427 mil embarques e desembarques de janeiro a novembro.

Isso já superou os 419 mil do ano passado e deve superar os 446 mil no ano de 2015.

Müller disse que o aeroporto não será fechado durante a ampliação. Haverá um certo transtorno, mas ele é necessário.

Ele afirmou que além dos R$ 10 milhões a Prefeitura de Chapecó também vai investir R$ 500 mil na ampliação do prédio da Seção de Combate à Incêndio.

Neste ano já foi colocado um segundo caminhão, ampliado no número de bombeiros e também adquiridos novos equipamentos.

Com isso o aeroporto poderá elevar sua categoria de cinco para seis, o que permitirá novos voos. Uma das demandas é um voo direto para Curitiba.

O prefeito Luciano Buligon disse que além das obras a prefeitura pretende iniciar o projeto de concessão do aeroporto.

Müller disse que o Estado é parceiro no projeto mas que ele precisa ser construído a várias mãos, entre Município, Estado e União.


  • por
  • Kia Chavious



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook