Afogamento é a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos

08/12/2018 - 00h02

O número de óbitos por afogamento em nosso país supera os 6.000 casos ao ano. Isto sem falar nos incidentes não fatais que chegam a mais de 100.000. Nossas crianças, infelizmente, são as maiores vítimas dessa situação. Entre 1 e 9 anos de idade, o afogamento é a segunda causa de morte.

Dados

Os números comprovam que os meses do verão são os mais propícios aos óbitos por afogamento. De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa):

A cada 84 min um Brasileiro morre afogado;

Adolescentes tem o maior risco de morte;

51% das mortes na faixa de 1 a 9 anos de idade ocorrem em piscinas e residências;

Homens morrem 6 vezes mais;

O Norte do Brasil tem a maior mortalidade;

Crianças < 9 anos se afogam mais em piscinas e em casa;

Crianças > 10 anos e adultos se afogam mais em águas naturais (rios, represas e praias).

Fonte: Vigilância Epidemiológica SMO. Dados sujeitos a alterações.

Os meses de novembro, dezembro, janeiro e fevereiro representaram 52% dos óbitos anuais por afogamento em Santa Catarina. Quanto ao estado civil das vítimas, 52% são solteiros; 21% casados, 8% não informados e 11% ignorados. Além disso, 89% são homens e 11% mulheres.

Extremo Oeste

Os óbitos por afogamento do período de 2010 a 2018 no Extremo Oeste  corresponderam à 3% do total de afogamentos do Estado. Ao todo, são 52 óbitos de 2010 a 2018, sendo que crianças de até 10 anos de idade correspondem a 10% dos óbitos por afogamento no período. A média é superior à do Estado (7%). 38% dos óbitos tem o grupo de 20 a 49 anos. As vítimas do Extremo Oeste são: 61,5% solteiros; 23% casados e 10% não informados. 

Causas Externas: Acidentes-Afogamento

Região Resid: Extremo Oeste

Período:2010-2018

Ano do Óbito

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018

Anchieta

2

1

Belmonte

1

Barra Bonita

1

2

Campo Erê

1

Dionísio Cerqueira

1

Flor do Sertão

2

Guaraciaba

1

1

Iporã do Oeste

1

1

1

Iraceminha

1

1

1

1

Itapiranga

1

1

2

Mondaí

1

1

Palma Sola

1

1

1

Paraíso

1

1

1

1

Princesa

1

Riqueza

1

Romelândia

1

Santa Helena

1

São José do Cedro

1

São Miguel do Oeste

1

1

4

1

2

Fonte: Vigilância Epidemiológica SMO. Dados sujeitos a alterações.

Fontes:
Vigilância Epidemiológica São Miguel do Oeste: Marcos Bortolanza
Ministério da Saúde 
Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA)
Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA)

  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Márcia Dreher – gerente de enfermagem do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook