Casaco fica preso na porta de ônibus e adolescente morre após ser arrastada por cerca de 800m
Motorista foi preso em flagrante. PM disse que coletivo pertence à Prefeitura de Caibi.

17/09/2018 - 22h06

Uma adolescente de 15 anos morreu no fim da manhã desta segunda-feira (17) após ser arrastada por cerca de 800 metros por um ônibus escolar na zona rural de Caibi, no Oeste catarinense. De acordo com a Polícia Militar, a suspeita é de que o casaco de Samanta Melissa Cansi tenha ficado preso à porta. O motorista do veículo foi preso em flagrante por homicídio culposo no trânsito.

Conforme a PM, o ônibus pertence à Prefeitura de Caibi. A Secretaria Municipal de Educação disse que não havia ninguém que pudesse falar sobre o assunto na tarde desta segunda.

Segundo a Polícia Civil, havia outros dois adolescentes no ônibus, além da vítima. E o motorista não teria percebido o acidente. Garoava no momento e o veículo trafegava por uma estrada de chão.

À polícia, os pais da menina disseram que estranharam a demora da estudante em voltar para casa depois da aula e ligaram para o motorista, que informou tê-la deixado no ponto próximo à residência da família.

Os pais foram ao local, segundo a PM, e não a encontraram. Na parada foi encontrado um calçado e logo adiante uma peça de roupa da menina.Depois, o corpo foi achado por eles e pelos avós, com múltiplas fraturas, cerca de  800 metros do ponto de ônibus. Em estado de choque, os familiares foram levados para um hospital.

As aulas das redes estadual e municipal foram suspensas nesta terça-feira (18). O delegado da Polícia Civil, responsável pelo caso, João Luiz Miotto, concederá uma entrevista coletiva nesta terça-feira (18), às 10h, na Delegacia de Palmitos, onde fornecerá maiores detalhes da trágica morte da adolescente.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook