Colheita e venda de Pinhão já está liberada

02/04/2018 - 19h26

Com a entrada do outono, os dias frios começaram a dar as caras na região, e com a mudança de clima, alguns pratos típicos da época voltam a entrar em evidência. Uma dessas iguarias é o pinhão, cuja colheita e comercialização passam a ser liberados a partir deste domingo, 1º de abril. Antes disso é crime ambiental.

A lei estadual nº 15.457/2011 é que regulamenta a colheita do pinhão em Santa Catarina e determina a proibição da colheita, transporte e venda antes desta data. A proibição se aplica inclusive ao pinhão destinado para sementeiras, assim como para alimento. O descumprimento desta determinação incide em multa e processo administrativo ambiental e criminal. O responsável precisa desembolsar R$ 500, independentemente da quantidade extraída dos pinheiros, valor que é revertido ao Fundo Especial de Proteção ao Meio Ambiente (Fepema).

A Polícia Militar Ambiental explica que a colheita antecipada de Pinhão compromete a regeneração das espécies e prejudica animais silvestres que necessitam do pinhão como suplemento alimentar. “O grande consumo humano poderia, portanto, prejudicar a perpetuação dessas espécies animais, assim como da própria araucária”, informou alertando sobre o respeito à legislação.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS