Congresso de prefeitos busca a dinamização e mais atenção aos municípios
Evento reuniu prefeitos e servidores dos 19 municípios da Ameosc.

13/11/2019 - 16h51

Municípios precisam de mais atenção e recursos para continuar gerindo os serviços. Essa é  máxima entre os administradores públicos municipais no Segundo Congresso dos Municípios do Extremo-oeste, organizado pelo Associação dos Municípios do Extremo-oeste (Ameosc), que acontece nesta quarta-feira (13) e quinta-feira (14) , na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste.

Os trabalhos começaram às 9h, com presença de autoridades locais e regionais, que participaram da solenidade de abertura e acompanharam a primeira palestra do dia, “Humanização, Gestão Municipal e Qualidade de Vida: educação, cultura e sustentabilidade como políticas públicas”, com o Livre-Docente em Educação pela UNICAMP, Cesar Nunes.

Nos pronunciamentos ficou clara a preocupação dos prefeitos com o rumo dos municípios, que passam por gargalos financeiros devido ao grande volume de serviços que precisam prestar e ao baixo repasse de recursos. “Os municípios precisam se atentar às reformas, para que não sejam exauridos as fontes de recursos municipais, como o ISS, que pode ser unificado e centralizado à União. Além disso, há a necessidade de uma reforma geral dos três poderes, para que enxugue e efetive a máquina pública como um todo, justificando a existência de cada uma dessas esferas”, disse o presidente da Ameosc e prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan.

Já o coordenador do congresso e prefeito de Guarujá do Sul, Cláudio Weschenfelder, reforçou as grandes demandas da esfera municipal. “Há a necessidade de buscarmos soluções conjuntamente e, com o congresso, queremos fortalecer o ambiente do municipalismo, pois são os municípios que abrigam a todos nós e eles que precisam ser estruturados, de forma que possam absorver suas demandas. Precisamos de mais Brasil e menos Brasília”, disse Weshenfelder coordenador do evento.

A mesma ideia foi defendida pelo vice-presidente do Sistema Fecam e prefeito de Itapiranga, Jorge Welter. A Associação dos Municípios do Extremo-oeste (Ameosc) realiza, nos dias 13 e 14 de novembro, na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste, o Segundo Congresso de Município do Extremo-oeste. Focando em dinamizar conhecimentos à administração pública, neste ano os eixos serão a proteção jurídica aos gestores públicos, educação e saúde.

O evento segue a tarde, com palestra do auditor fiscal de controle externo do TCSC, Marco Aurélio. A programação segue com a palestra “Controle legal dos inquéritos civis e denúncias anônimas na gestão pública, ministrada pelo promotor de Justiça aposentado, José Galvani Alberton. Na sequência, espaço para depoimento dos prefeitos e questionamentos;

No dia 14, das 08h30 às 10h, palestra “A eficiência na Gestão Pública Educacional e a Gestão Democrática: expectativas e realidade”, com a professora e consultora pedagógica, Palmira Ramos Tolotti. Logo depois, até às 10h40, apresentação de experiências de boas práticas municipais na área da educação e espaço para considerações e questionamentos.

Das 13h30 às 14H30, palestra ”Oncologia em pauta, com o oncologista clínico, Willian Casagrande Sanches. A programação segue com a palestra “Financiamento da Saúde pública na estrutura das atuais competências”, com Diogo Demarchi Silva, do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Das 15h30 às 16h, apresentação de experiências na área da saúde e espaço para considerações e questionamentos;

O evento tem o apoio da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) e União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc) e patrocínio da TOS Engenharia.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.



  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook