Curso de Educação Física desenvolve atividades de cultura, esporte e lazer com o projeto Cuesla

Professoras Elis Regina Zanin e Adriana Salvi desenvolveram atividade sobre autoliderança

Professoras Elis Regina Zanin e Adriana Salvi desenvolveram atividade sobre autoliderança

12/11/2018 - 14h36

O curso de Educação Física da Unoesc São Miguel do Oeste está desenvolvendo diversas atividades de cultura, esporte e lazer, por meio do projeto Cuesla. As atividades são realizadas, uma vez por mês, no Centro Esportivo da Universidade com a participação de professores, estudantes e diplomados. "O Cuesla contribui na formação dos acadêmicos, aproxima os diplomados da universidade e serve de estímulo para um estilo de vida mais saudável", destaca a coordenadora do curso, professora Andrea Prates Ribeiro.

A ginástica aeróbica deu início às atividades do Cuesla. As professoras Andréa Prates Ribeiro e Elis Regina Frigeri organizaram uma coreografia para iniciantes com foco na diversão e no prazer em realizar a atividade.

Os acadêmicos do curso de Educação Física também participaram de uma atividade sobre autoliderança com as professoras de Administração, Adriana Salvi e Elis Regina Zanin. "É preciso estimular nossos acadêmicos a liderar-se, enfrentar desafios e ver oportunidades em vez de problemas. Esse tema tem relação direta com o direcionamento de carreira, em saber aonde se quer chegar e como estabelecer metas e objetivos", avalia a professora Andrea Prates Ribeiro.

Apresentações de danças também integram o projeto. Na última semana, o Centro Esportivo foi palco da apresentação de seis grupos: Grupo de Dança da Escola São Miguel, Grupo Experimental de Dança Unoesc em Movimento, Estúdio de Dança Eti Ballet e do Grupo do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Foram realizadas apresentações nas modalidades Jazz Contemporâneo, Jazz, Dança Livre e Ballet Clássico. Os acadêmicos do curso, Cleiton Pinheiro e Carolina Alana, atuaram como dançarinos e coreógrafos.

Segundo o acadêmico Flávio da Rosa, o projeto é importante para a formação dos profissionais de Educação Física. "Fazer da Educação Física algo integrado, no que tange à cultura, esporte e lazer, é fundamental para nossa formação como profissionais da promoção da saúde e também para transmitirmos às pessoas a possibilidade do esporte como conteúdo que permeie a sociedade no universo cultural das atividades físicas", ressalta o estudante.

O projeto terá sequência com diversas atividades como: modalidades esportivas, palestras, oficinas, jogos, brincadeiras, apresentações de corais, danças, patinação, lutas, entre outros.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook