Em dois dias Operação Fronteira Integrada efetua 30 prisões e duas apreensões

30/06/2018 - 20h27
Mais de 770 integrantes das forças de segurança brasileiras e da Argentina participaram da Operação Fronteira Integrada I em Santa Catarina. Também foram mobilizadas 88 viaturas e uma aeronave.

Em cerca de 20 horas de ações, foram realizadas 30 prisões, duas apreensões e quatro veículos retirados de circulação, informou o secretário da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, no centro de comando estadual montado em Dionísio Cerqueira.

Veículos foram vistoriados na aduana de veículos em Dionísio Cerqueira. Foto: James Tavares/Secom
De acordo com o tenente-coronel da Polícia Militar, Jaílson Aurélio Franzen, coordenador do centro de Comando e Controle Integrado da operação, a maioria das prisões tinha mandado judicial. Uma delas, realizada em Romelândia, por disparo e posse ilegal de arma de fogo. O homem foi levado para a unidade prisional de São José do Cedro. 

Em Descanso e Santa Helena oito estabelecimentos comerciais foram notificados por inexistência de alvará de funcionamento. Também foram apreendidos três armas de fogo, quatro veículos e dois rádio-comunicadores. A operação iniciou na tarde de quinta-feira e encerrou nesta sexta-feira.

A operação foi montada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) para implementar ações de controle da criminalidade e da violência, com foco no tráfico de drogas, contrabando de armas, homicídios, furtos, roubo e receptação de veículos, em 10 estados brasileiros.

Em Santa Catarina, participaram policiais civis, militares, federais, rodoviários federais e da Argentina, receitas Federal, Cidasc, secretarias da Justiça e Defesa da Cidadania, além de Defesa Civil, IGP e IMA.

  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • SECOM/Governo de SC e NSC Total



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook