Gaeco mira grupo de empresários em operação contra sonegação tributária; Ação ocorre em SMO, Chapecó e Maravilha

12/12/2019 - 09h54

Na manhã desta quinta-feira (12), o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO)  cumpre 20 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão temporária nas cidades de Chapecó, Maravilha, São Miguel do Oeste, Xaxim e Passo Fundo (RS). A operação conta também com o apoio da Secretaria Estadual da Fazenda.

Ainda, com o auxílio do GAECO de Bauru (SP) e Cascavel (PR), serão cumpridos dois mandados de exibição de documentos nas cidades de Cascavel e Marília (SP). Todos os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Chapecó.

 A 6ª Promotoria de Justiça de Chapecó apura fatos delituosos envolvendo um grupo de empresários que vinham deliberadamente praticando ilícitos penais voltados a sonegação tributária, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro, inclusive, com a participação de 'laranjas" e interpostas pessoas.  O grupo estaria desviando dos cofres públicos e da sociedade para fins particulares dezenas de milhares de reais.

Outras informações serão repassadas no decorrer do dia.

REDE SIMPLES

A operação foi denominada 'REDE SIMPLES' tendo em vista que os crimes praticados envolviam fraudes ao Regime Tributário Simples, causando grandes prejuízos aos cofres públicos estaduais.

GAECO

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) é uma força-tarefa formada pelo Ministério Público de Santa Catarina, pelas Polícias Civil e Militar, pela Secretaria de Estado da Fazenda e outras instituições parceiras.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook