Governadores reforçam apoio à Reforma da Previdência e MP do Saneamento

25/05/2019 - 21h44

Os governadores do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) redigiram neste sábado a Carta de Gramado. O 3° Encontro do grupo, realizado no Master Hotel, na cidade da serra gaúcha, reuniu os governadores do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; São Paulo, João Dória; Minas Gerais, Romeu Zema; Santa Catarina, Carlos Moisés; Paraná, Ratinho Júnior; Espírito Santo, Renato Casagrande, e o vice-governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro. No documento, as lideranças apoiam as reformas estruturais propostas pelo governo federal, especialmente, a Reforma da Previdência e também reforçam seu apoio à Medida Provisória 868, a MP do Saneamento.

Após reuniões de trabalho fechadas, o Leite divulgou o conteúdo da carta na íntegra. “Reunimos 70% do PIB do país e mais de 50% da população brasileira. Nossos Estados têm uma clara afinidade, completamos as ações uns dos outros e isso nos estimula a buscarmos coordenação de esforços. Isso não significa consenso absoluto e que não tenhamos espaços de competição e divergência, mas que compreendemos que vamos melhorar muito mais a vida da sociedade e dos Estados a partir desse processo de integração do Cosud”, destacou o anfitrião do evento.

Para os governadores, não haverá um cenário que combine estabilidade econômica e políticas sustentáveis enquanto o desequilíbrio fiscal causado pela estrutura previdenciária atingir os Estados. Os líderes prometem esforço conjunto em prol de uma agenda de crescimento para o país. O governador de Minas, Romeu Zema, comparou a  Previdência no Brasil com uma pirâmide financeira e defendeu a necessidade da reforma. "O colapso da pirâmide está próximo", diz.

Os governadores reforçaram, ainda, seu apoio à MP do Saneamento, que visa mudar o cenário da infraestrutura básica nacional. Segundo os líderes, a MP vai permitir modelagens financeiras que contribuirão para o Brasil superar sua dívida com a sociedade na prestação de serviços essenciais. Os representantes do Espírito Santo e Paraná, no entanto, buscam maior participação do capital privado nos investimentos. "Todos concordam com a necessidade de atrair mais investimentos, aumentar a cobertura e melhorar a qualidade dos serviços", divulgou Leite. O próximo encontro do Cosud será realizado no Espírito Santo.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Correio do Povo



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook