Grêmio cede virada ao Avenida em jogo de 5 gols e segue sem vencer no Gauchão

24/01/2018 - 21h40

banner responsivo

O Grêmio abre o placar com naturalidade, mas não resiste e é obrigado a engolir um dolorido tropeço. O enredo já é conhecido dos gremistas, em um filme repetido que voltou a ocorrer – pela terceira vez em três rodadas do Gauchão. E com ainda mais emoção. Nesta quarta-feira, os garotos largaram na frente, com Jean Pyerre, mas viram a primeira vitória em 2018 ruir por sua principal fraqueza: a defesa. Luís Henrique e Marques marcaram duas vezes para construir a virada do Avenida. Mas o resultado estava longe de estar encerrado. Os minutos finais reservaram duas reviravoltas: Paulo Miranda empatou, mas Toto fechou a vitória por 3 a 2 do Periqueito nos Eucaliptos.

PRIMEIRO TEMPO
Sob chuva, o Grêmio logo tratou de apresentar seu cartão de visitas, aos 3 minutos, em chute de fora da área de Jean Pyerre, que obrigou o goleiro Rodrigo a fazer boa defesa. Mesmo fora de casa, o Tricolor usou a habilidade de seus garotos, em boas contruções coletivas com trocas de passes e aproximação, para controlar o jogo e pressionar o Avenida. Aos 12, Isaque foi lançado no ataque e tentou encobrir o arqueiro rival, em vão. Três minutos mais tarde, Madson fez jogada individual e chutou para fora.

Os donos da casa até assustaram, com Hyantony, de cabeça, e Fidélis, em chute de fora da área. Mas foi o Grêmio quem marcou. Aos 34, Matheus Henrique "pifou" Isaque dentro da área, e o centroavante foi derrubado. Pênalti, convertido com categoria por Jean Pyerre para abrir o placar. O Periquito se lançou ao ataque e levou perigo em cobrança de falta de Itaqui e numa finalização de Maurício, de fora da área, mas não conseguiu reverter a desvantagem no primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO
Era apenas questão de tempo. O Avenida insistiu nas bolas alçadas para a área, principal fraqueza da defesa gremista. E a estratégia surtiu resultado. Aos 15, Luís Henrique aproveitou falha de Mendonça após cobrança de escanteio da direita e cabeceou livre, para empatar a partida. Não parou por aí. Exatos 10 minutos mais tarde, Paulo Miranda falhou na saída de bola e deu um presente e tanto a Hyantony, que serviu Marques. O atacante chutou sem chances para Bruno Grassi.

A partir daí, o Grêmio passou a pressionar o Avenida, com os ingressos de Alisson, Thonny Anderson e Thaciano nas vagas de Matheus Henrique, Pepê e Isaque. Aos 28, Rodrigo salvou em cima da linha, após confusão dentro da área. Depois, aos 36, Madson invadiu a área e chutou forte, na trave. O ímpeto ofensivo gremista surtiu efeito, em um final de partida de reviravoltas: Paulo Miranda anotou de cabeça aos 45, mas Toto deu a vitória por 3 a 2 ao Avenida em chute de fora da área, já nos acréscimos.


  • por
  • Kia Chavious



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

Website Security Test