Guarani, CRM e Aliança estão nas semifinais
Ouro Verde leva 2 a 0 do Ipiranga e se complica na disputa por vaga às quartas de final

07/10/2018 - 10h11

Guarani, de São Miguel do Oeste, CRM, de Maravilha, e Aliança, de São João do Oeste, são semifinalistas da chave Oeste do Campeonato Estadual de Amadores. O time bugrino alcançou sua vaga com muitas dificuldades. Vencia no primeiro tempo por 3 a 0, com gols de Tiago Maggi, Márcio Reisu e Cleber Guerreiro, e tinha o controle absoluto das ações. Na etapa final diminuiu assustadoramente de rendimento e permitiu a reação da AJAP, que com gols de Daniel, cobrando pênalti, e Lucas, diminuiu o placar para 3 a 2. Como havia perdido em Pinhalzinho, por 1 a 0, a decisão da vaga às semifinais foi para a cobrança de penalidades máximas. O Guarani garantiu sua classificação por 6 a 5. Na sexta cobrança o goleiro Índio defendeu a cobrança de Diogo.

Em Riqueza, o Aliança não tomou conhecimento do fator local e simplesmente atropelou o ginástica ao vencer por 4 a 0. Como no jogo de ida havia vencido por 2 a 1, o time de São João do Oeste avançou às semifinais. No outro jogo das quartas de final, em Maravilha, o CRM derrotou o Cometa por 2 a 0 e também garantiu presença nas semifinais. Em Itapiranga, na partida de ida, o Cometa ganhou por 1 a 0. O CRM leva vantagem no saldo de gols.

Agora Guarani, CRM e Aliança guardam pela definição do quatro semifinalista, que sairá do confronto entre o DNA/DME, de Princesa, e o vencedor do duelo entre Ouro Verde, de Descanso, e Ipiranga, de Águas Frias. O Ipiranga está em vantagem por ter vencido o Ouro Verde, no jogo de ida da 2ª fase, por 2 a 0. O time de Águas Frias conquistou sua vaga no tapetão.

Ouro Verde perde e se complica

O Ouro Verde largou mal na 2ª fase da chave Oeste do Estadual de Amadores. Jogando na cidade de Águas Frias, o time de Descanso perdeu para o Ipiranga por 2 a 0. Os gols da vitória dos donos da casa foram anotados por Vilson e Mineiro, aos 22min e aos 25min no segundo tempo. Aos 49min o árbitro marcou um pênalti para o Ouro Verde, mas voltou atrás após consultar seu assistente. A atitude causou forte revolta nos dirigentes e jogadores descansenses.

Este resultado deixa o Ouro Verde numa situação bastante desconfortável, pois no jogo da volta, no estádio João Baretta, no próximo domingo (14), terá que vencer por dois gols de diferença para levar a decisão da vaga para os pênaltis. O Ipiranga até mesmo perdendo por 1 a 0 avançará às semifinais.


  • por
  • Jornal Regional
  • busca rápida



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook