Hospital Regional de São Miguel do Oeste forma turma de gestores em saúde

23/03/2019 - 12h13

Após 21 meses, 168 horas/aula e 21 encontros, os gestores, supervisores e backups do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste – Instituto Santé encerraram nesta sexta-feira, 22, o Programa de Desenvolvimento de Gestores em Saúde. Os colaboradores participantes receberam os certificados, após um encontro com treinamento vivencial realizado na Associação Atlética do Banco do Brasil em São Miguel do Oeste. 

Na quinta-feira, 21, os alunos apresentaram seus trabalhos de conclusão de curso com estudos realizados no Hospital. Com temas variados, diversos setores foram estudados e os alunos trouxeram melhorias possíveis para as rotinas da unidade hospitalar. “Ficamos muito surpresos e orgulhosos com todos os estudos apresentados. Agora, vamos pensar no que fazer com tudo isso e a direção está de portas abertas para as ideias”, afirmou o diretor geral do Hospital, Jeferson Gomes.

O presidente do Instituto Santé, Tercio Kasten, participou das apresentações e disse estar satisfeito com o resultado. “Estamos construindo a ideia de um encontro entre os hospitais nos quais o Santé faz a administração e vemos aqui em São Miguel do Oeste muitas pessoas aptas a serem os professores, repassando conhecimento e trocando experiências com os demais”, declarou.

Sobre o curso

Iniciado em 2017, o Programa teve o objetivo de aprimorar competências e habilidades para as práticas de gestão, com foco no segmento da Saúde. Foi coordenado pelo setor de Recursos Humanos do Hospital e ministrado pela empresa Logos Educacional que conta com a experiência de mais de 15 anos de atuação no desenvolvimento do capital intelectual das empresas, com atenção especial para o segmento da saúde.

O consultor de Recursos Humanos da Logos Educacional, Jorge Chiodini, lembra que toda empresa precisa focar e desenvolver líderes. “E não é um crachá ou um curso que realiza isso. Liderança é um comportamento que traz muitas responsabilidades e atributos. Os colaboradores do Hospital Regional se mostraram dispostos a mudar hábitos e pensamentos para despertar e aprimorar o líder que há em cada um”, disse.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook