Inter fica no empate com o Palmeiras e deixa o G-4 do Brasileirão

29/09/2019 - 18h25

Com boa atuação no primeiro tempo, mas muito pressionado no segundo, o Inter empatou em 1 a 1 com o Palmeiras, pela 22ª rodada do Brasileirão, no Beira-Rio. Com o resultado, os colorados caíram para a quinta colocação. 

Antes do início da partida, a torcida no Beira-Rio deu mostras de sua impaciência quando o nome de Odair Hellmann foi anunciado no sistema de som do estádio e as vaias predominaram o som das arquibancadas. 

Os novatos Bruno Fuchs, substituto de Rodrigo Moledo, lesionado, e Heitor, escalado para a função de Bruno, suspenso, foram bem recebidos pelos torcedores. Além dos garotos, a terceira novidade no time era Rafael Sobis, que ingressou no lugar de Paolo Guerrero, expulso contra o Flamengo, na quarta-feira (25).  

A desconfiança, porém, logo deu lugar ao otimismo. O Inter começou bem a partida e, logo aos sete minutos, Rafael Sobis cabeceou ao lado da meta de Weverton o cruzamento de Nonato. Aos 10, Nico roubou a bola de Felipe Melo, avançou e chutou cruzado pela linha de fundo. Um minuto depois, Uendel recebeu lançamento de Edenilson pela esquerda e, livre, finalizou nas mãos do goleiro adversário. 

O gol colorado estava na forma. Com 26 minutos, Sobis ergueu a bola na área em cobrança de falta pelo lado direito da intermediária e encontrou Lindoso, que cabeceou na trave. Aos 27, Heitor fez jogada pela direita, Nico cortou Felipe Melo e cruzou para Patrick cabecear e abrir o placar no Beira-Rio: 1 a 0. 

Com a vantagem, o time de Odair Hellmann seguiu controlando o jogo. O Palmeiras ameaçou o empate aos 36, quando Dudu abriu espaço e chutou forte. A bola subiu e passou por cima do gol de Marcelo Lomba. O goleiro ainda fez boa defesa aos 41, espalmando falta cobrada por Scarpa. 

No intervalo, apenas Mano Menezes promoveu mudanças na escalação: sacou Hyoran para o ingresso do experiente Willian. A substituição jogou o Palmeiras para cima do Inter. Tanto que, aos dois minutos, Scarpa já havia dado trabalho para Lomba em duas oportunidades de dentro da área. 

Os colorados sofriam para segurar os paulistas. Aos 11, em contra-ataque, Willian recebeu livre dentro da área, mas falhou na conclusão e Lomba pegou sem dificuldades. Na oportunidade seguinte, aos 13, o atacante calibrou o chute: de primeira após desvio de cabeça de Lindoso, não deu chances ao goleiro colorado e empatou a partida. 

A paciência da torcida voltou a ficar melindrada. Com a igualdade no placar, Odair chamou Wellington Silva. Mas a saída de Nonato provocou protesto – gritos de burro dirigidos ao técnico partiram da arquibancada. 

Sem Nonato, o Inter diminuiu as ações no meio de campo e continuou sendo pressionado. Aos 21, Lomba fez boa defesa após cabeceio de Victor Hugo, que subiu mais do que todo mundo. Aos 36, Cuesta afastou antes de a bola chegar em Dudu, que tinha boa condições para ameaçar o gol colorado. 

No fim, aos 40, o gol da virada saiu, mas, após consulta ao VAR, Braulio Machado anulou. A bola bateu no braço de Willian antes de Bruno Henrique completar para as redes coloradas.

  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Gaúcha/ZH



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

Website Security Test