Inter perde para a Chapecoense na estreia no Brasileirão

O Inter ainda não ganhou na Arena Condá da Chapecoense pelo Brasileirão

O Inter ainda não ganhou na Arena Condá da Chapecoense pelo Brasileirão

28/04/2019 - 00h11

O Inter estreou no Campeonato Brasileiro com derrota, por 1 a 0, para a Chapecoense, na Arena Condá, na noite deste sábado. O gol foi marcado por Everaldo em um pênalti confirmado pelo uso do VAR. Em uma cobrança de falta, a bola bateu na mão de Emerson Santos e o árbitro Raphael Claus pediu o auxílio da tecnologia. Na final da segunda etapa, o ex-jogador do Grêmio, ampliou.

Primeiro gol sofrido foi com o VAR

O jogo iniciou em alta velocidade, com as equipes buscando as laterais, mesmo com algumas poças, para chegar até a área adversária e cruzar. Com o gramado encharcado, muitos lançamentos foram feitos e Emerson Santos se destacou fazendo bons passes em profundidade pela esquerda de ataque. Aos sete, Alan Ruschel bateu de longe e Lomba fez excelente defesa. Dois depois, Neilton chutou no ângulo direito de Tiepo, que espalmou pela linha de fundo.

A partir dos 30 minutos o Inter passou a ter maior presença no campo ofensivo, mas sem criar oportunidades. Aos 42, em uma cobrança de falta pela direita, Douglas desviou de cabeça e a bola bateu no braço esquerdo de Emerson Santos. Rafael Claus marcou pênalti com auxílio do VAR e, quatro minutos depois, Everaldo cobrou forte, a meia altura, no lado direito de Marcelo Lomba, que foi na bola, mas não alcançou.

Everaldo “dança com Moledo” e amplia

Com os dois times retornando iguais para o segundo tempo, a Chape levou perigo aos dois minutos com um chute de Márcio Araújo, que passou rente ao poste direito de Lomba. Quatro depois, Tiepo salvou o time catarinense duas vezes. Após cobrança de falta pela direita, Lindoso cabeceou e o goleiro espalmou e, no rebote, Emerson Santos chutou forte e o goleiro da Chape fez nova defesa.

O Inter insistiu, teve algumas oportunidades, mas não conseguiu empatar. Aos 42, Everaldo recebeu passe na marca do pênalti, "tirou Moledo para dançar" e bateu no canto inferior esquerdo de Lomba dando números finais ao jogo. Antes do apito final, a torcida local ainda cantou: “1, 2, 3, o Inter é freguês”, em referência as dificuldades que o Colorado tem atuando em Chapecó.

Na próxima quarta-feira, feriado do dia do Trabalho, o Inter recebe o Flamengo, no estádio Beira-Rio, às 16h, pela segunda rodada do Brasileirão. No mesmo dia e horário, a Chapecoense vai ao Itaquerão enfrentar o Corinthians.

Brasileirão - 1ª Rodada

Chapecoense 2

Giovanni Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Alan Ruschel (Aylon); Bruno Pacheco, Márcio Araújo, Campanharo (Amaral), Diego Torres e Régis (Renato); Everaldo. Técnico: Ney Franco.

Inter 0

Marcelo Lomba; Bruno, Emerson Santos, Roberto e Uendel, Rodrigo Lindoso, Nonato, Camilo (Jonathan Álvez) e Neilton; Pottker (Sarrafiore) e Rafael Sobis. Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Everaldo (46min/1ºT e 41min/2ºT)

Cartões amarelos: Douglas (C)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Local: Arena Condá, Chapecó


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Correio do Povo



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook