Inter sai atrás mas vira sobre o Vitória com pênalti inexistente e é vice-líder

01/10/2018 - 08h29

Depois de sair atrás, o Inter virou para cima do Vitória, venceu por 2 a 1 e tem a mesma pontuação do primeiro colocado, Palmeiras, com 53, na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Os três pontos vieram com muita confusão com a arbitragem no segundo tempo. Em pênalti no mínimo polêmico, D’Alessandro definiu o resultado - a imagem mostrou o toque de Lucas Fernandes fora da área. Antes, Emerson Santos, contra, logo no primeiro minuto, abrira o placar para o Leão, enquanto Leandro Damião havia empatado.

PRIMEIRO TEMPO

Nos minutos iniciais, o Inter se viu nervoso com o gol contra de Emerson Santos. Enquanto o Vitória se aproveitou da vantagem psicologicamente, o Colorado sentiu o gol sofrido. Durante toda a etapa, não conseguiu pressionar os baianos e só teve uma finalização a gol, uma cobrança de falta de D’Alessandro na trave de Ronaldo.

SEGUNDO TEMPO

O Inter voltou mais disposto a pressionar o Vitória. Adiantou seus jogadores e passou a levar mais perigo. Victor Cuesta aproveitou justamente isso e roubou a bola no campo ofensivo. Deu a bola para Edenílson colocar na cabeça de Leandro Damião. O camisa 9 fez o ofício de centroavante para empatar o jogo. Na reta final, o Leão não conseguiu encaixar um contra-ataque. E na sequência, veio a polêmica, com pênalti anotado após um suposto toque, que ocorreu fora da área. D’Alessandro deu números finais ao jogo.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook