Inter vence o Novo Hamburgo por 2 a 0 e encaminha vaga na semifinal

Nico e Serrafiori anotaram os gols da vitória colorada

Nico e Serrafiori anotaram os gols da vitória colorada

23/03/2019 - 21h39

Em um jogo tecnicamente fraco e sem grandes emoções, o Inter venceu por 2 a 0 a primeira partida das quartas de final do Gauchão contra o Novo Hamburgo. Se faltou qualidade coletiva, sobrou qualidade individual. Aos 27 minutos do segundo tempo, quando o duelo atingia um estado de sonolência, Nico López, retornando à equipe após período de suspensão, acertou um belo chute de esquerda para abrir o marcador e colocar o Colorado em vantagem. Depois, foi a vez do jovem Martín Sarrafiore, saído do banco de reservas, anotar um golaço de fora da área e praticamente colocar o time na semifinal do Gauchão. No jogo de volta, na próxima quarta-feira, 21h30min, no Beira-Rio, o time de Odair Helmann pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim estará classificado.

A partida, que parecia que terminaria em um empate, ganhou nova vida justamente após a entrada de Sarrafiore, no lugar de Guilherme Parede. Foi a partir do ingresso do argentino que o Inter começou a ter criações mais efetivas no meio-campo e arriscar chutes de fora da área de forma mais objetiva. Até então, eram os donos da casa que tinham tido as melhores oportunidades.

Enquanto o Novo Hamburgo entrou com a mesma equipe do jogo de quarta-feira, o Inter teve uma mudança radical, seguindo o revezamento promovido pelo técnico Odair Hellmann. Dos 11 iniciais, apenas o goleiro Marcelo Lomba, o zagueiro Víctor Cuesta, o meia Edenilson e o atacante Guilherme Parede haviam iniciado o último duelo entre as equipes. 

O jogo

O Colorado começou a partida mais incisivo e com maior posse de bola, apostando nos cruzamentos longos para alcançar o alvo adversário. Aos quatro minutos, Pedro Lucas passou para Nico López, que colocou o zagueiro para dançar, mas perdeu a bola. Com a defesa adversária recuada, os comandados de Odair tiveram espaço para criar e fazer pressão ofensiva, com boa participação de Edenilson pelo meio-campo.

Mas foi o Novo Hamburgo que chegou mais perto de abrir o placar primeiro. Aos nove minutos, o time da casa teve três escanteios seguidos depois de um recuo errado para Lomba, que não alcançou. No rebote, no último deles, Juninho bateu de fora da área, mas a bola passou lisa por cima da goleira. O Inter respondeu com Guilherme Parede aos 15 minutos. Aberto pelo lado esquerdo, chutou de dentro da área após passe de Nico. De perna direita, não pegou bem na bola, que chegou sem muita força nas mãos do arqueiro Gustavo.

Cartões

O árbitro não poupou cartões. Preto tomou o primeiro amarelo aos 16 minutos por falta em Nonato fora do lance. Embalado pela torcida, o Noia também tentou e teve boas oportunidades. Aos 18 minutos, o atacante paraguaio Bustamante fez jogada bonita pela esquerda, se livrando da defesa, mas errou a infiltrada para Juninho. Na jogada, cartão amarelo para o lateral-direito Bruno, que havia feito falta, com o árbitro assinalando vantagem. A melhor chance ocorreu aos 23 minutos, com Amaral. O meia aproveitou a bobeira pelo lado esquerdo do Inter e chutou rasteiro de fora de área.

Aos 27 minutos, Nonato sofreu uma chegada violenta de Neuton, no meio-campo. que também recebeu cartão amarelo. Com a marcação dobrada, o Inter voltou a apostar nas bolas longas e aéreas  para furar o bloqueio. Nico, aos 32, fez bonita invertida da esquerda para direita para Parede, que recebeu, cortou para dentro e chutou de fora da área. Passou perto.Foi a melhor chance do Colorado. Nos últimos minutos da parcial, os dois times protagonizaram uma troca de tentativas para tirar o placar do zero a zero, mas não tiveram sucesso. Os donos da casa tiveram duas faltas no campo de ataque, cujas cobranças Lomba defendeu sem dificuldades. Já os visitantes buscaram o jovem Pedro Lucas por cima, mas a zaga estava atenta e se antecipava bem.

O árbitro assinalou dois minutos de acréscimo, e Bustamante fez boa tabela com Juninho e Mossoró, sempre pelo lado esquerdo, por onde os anfitriões criaram as melhores oportunidades. Após furar o bloqueio do time da Capital, cruzou fraco para dentro da área, fácil para a zaga afastar. 

Estrangeiros decidem

Para o segundo tempo, Odair mexeu no campo ofensivo. Pedro Lucas deixou o time para dar lugar a Santiago Tréllez, que passou a ser o homem de referência. Assim como no primeiro tempo, o Inter começou mais ofensivo e adiantou a marcação, encurralando os adversários no campo de defesa. Aos 4 minutos, o colombiano passou para Parede, que cruzou rasteiro em cima do marcador. O Noia encontrou espaço pela direita, nas costas de Uendel e foi mais ousado: aos seis, Juninho cabeceou cruzamento de Osvaldir – que entrou no lugar de Ednei –, vindo daquele lado e a bola saiu; aos oito, Bustamente driblou o lateral e descolou um escanteio.

Apesar do retorno intenso, a adrenalina baixou e Noia e Inter passaram a fazer um jogo fraco tecnicamente. As duas equipes marcavam forte, mais na raça do que qualquer coisa, e não conseguiam criar muitas oportunidades a partir da troca de passe, do trabalho de bola. A primeira grande chance foi aos 21 minutos, quando, em um lance confuso, Bustamante entrou na área e tentou encobrir Lomba, que fechou todos os ângulos.

Sarrafiore

O comandante colorado lançou o jovem argentino Martín Sarrafiore no lugar de Parede. Mas foi outro estrangeiro que abriu o marcador. Nico López, que era o melhor do Inter na partida, tirou o placar do 0 a 0 aos 28 minutos. O uruguao fez boa troca de passes com Uendel dentro da área do Novo Hamburgo para chutar de perna esquerda, com pouco ângulo, quase na linha de fundo, e marcar. Foi o terceiro gol dele no Gauchão, o quinto no ano. O tento deu novo ânimo. Sarrafiore buscou deixar sua marca chutando de fora da área. E conseguiu na terceira tentativa. Golaço. O jovem acertou um chute potente de fora da área com a perna esquerda. Depois, a partida se tornou apenas protocolar, até que o árbitro deu o apito final aos 47 minutos. 


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Correio do Povo



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook