Itapiranga consolida ações do Programa Cidade Empreendedora com o início do ciclo II
O foco desta etapa é desenvolver projetos e atividades de forma planejada por meio de um sistema de Gestão Orientada para Resultados.

27/04/2019 - 10h32

Após dois anos de intenso trabalho em Itapiranga, no Extremo Oeste catarinense, as ações do Programa Cidade Empreendedora realizadas pela Prefeitura com apoio do Sebrae/SC seguem com a implementação do ciclo II. O foco desta etapa é desenvolver projetos e atividades de forma planejada por meio de um sistema de Gestão Orientada para Resultados.

Entre as atividades realizadas após o lançamento do Cidade Empreendedora ciclo II, que ocorreu em março, estiveram as reuniões para encaminhamento dos trabalhos da solução de apoio e acompanhamento da Sala do Empreendedor e orientação do Agente de Desenvolvimento para atendimento aos pequenos negócios com a consultora credenciada ao Sebrae/SC, Simone Grobe.  As consultorias ocorrem duas vezes ao mês até 2020 para que a estrutura esteja sempre atualizada e preparada para os atendimentos.

A próxima atividade será a participação no evento em Florianópolis, no dia 29 de abril para a escolha das trilhas do ciclo II. Para o dia 7 de maio, está programada reunião, às 09h00, visando discutir como serão trabalhadas as soluções para acompanhamento dos processos licitatórios, fomento à agricultura familiar e plano anual de compras com o consultor credenciado Marcelo Donatti. Outra atividade de maio (de 20 a 24) é a 2ª SEMANA DO MEI que terá programação especial na Sala do Empreendedor com declaração anual de faturamento feita pelo núcleo de contadores e orientações sobre crédito com a Extracredi, formalização, consultorias com profissionais da UCEFF e feirinha do MEI.  

“Nossas expectativas para este ano são as melhores, pois toda a equipe está comprometida com as ações e alinhada com o propósito do programa. Essa etapa representa uma oportunidade para continuar avançando na transformação local com as atividades de forma mais intensa e foco nos resultados de forma sustentável”, destaca a secretária de desenvolvimento econômico e turismo, Carlise Werlang.  

As ações do Programa Cidade Empreendedora são coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo. A iniciativa contempla intervenções e consultorias em todas as áreas do município visando a desburocratização, melhoria da gestão interna, aperfeiçoamento das compras da agricultura familiar e auxílio aos empresários no município com capacitações, oficinas e palestras. Entre outras iniciativas, também são realizadas capacitações específicas para a Sala do Empreendedor com o objetivo de manter os servidores municipais atualizados podendo oferecer aos empreendedores uma prestação de serviços adequada e técnica com qualidade e eficiência.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook