Joesley Batista, Ricardo Saud e outros presos em operação Capitu são soltos por decisão do STJ

Carro levando executivos da J&F deixa sede da PF — Foto: TV Globo/Reprodução

Carro levando executivos da J&F deixa sede da PF — Foto: TV Globo/Reprodução

13/11/2018 - 04h23

O empresário Joesley Batista, da J&F, e outros ex-executivos do grupo presos em operação da Polícia Federal na semana passada, deixaram, na noite desta segunda-feira (12), a sede da PF em São Paulo.

 

Batista, Ricardo Saud e Demilton de Castro foram presos em São Paulo na sexta-feira (09) pela Operação Capitu, desdobramento da Lava Jato. Florisvaldo Oliveira, ex-funcionário do grupo, se entregou à polícia só no sábado. Além deles, outros dois presos na operação também foram soltos: Marcelo Pires Pinheiros e Fernando Manoel Pires Pinheiro.

 

Eles estavam em prisão temporária, que venceria nesta terça-feira, mas foram beneficiados com decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) da tarde desta segunda.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • G1



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook