Parcerias público-privadas podem abrir novas possibilidades de investimentos
Projeto de iniciativa da Administração Municipal já foi encaminhado para a Câmara de Vereadores.

08/02/2018 - 15h08

A Administração Municipal de São Miguel do Oeste planeja investir em parcerias público-privadas para a realização de obras relevantes à população. O sistema geraria economia aos cofres públicos e maior qualidade e agilidade nos serviços. Um projeto neste sentido foi encaminhado à Câmara de Vereadores.

O prefeito, Wilson Trevisan, explica que esta é uma tendência que algumas das principais cidades do Brasil já estão adotando, e São Miguel do Oeste precisa se adequar, enquanto referência regional. “Já comentamos por diversas vezes, que o poder público não possui condições de fazer tudo sozinho. As parcerias com o setor privado têm alcançado uma importância cada vez maior, seja para desburocratizar as ações ou torná-las mais ágeis e efetivas”, salienta. “Este modelo vem ao encontro do novo modelo de gestão que implantamos em São Miguel do Oeste”, completa Trevisan.

O procurador jurídico do Município, Nédio Dariva Pires de Lima, cita exemplos de casos onde estas parcerias poderiam ser adotadas. “Para construirmos um conjunto habitacional, por exemplo, esta Lei tornaria possível que o Poder Público Municipal cedesse a área para uma empresa, que construiria as moradias e depois repassaria às famílias beneficiadas com valores bem reduzidos”, pontua. “Outras entre tantas possibilidades, seria na construção e manutenção de uma estação de tratamento de esgoto e no transporte coletivo. Mas todas estas situações precisariam ser estudadas”, comenta.


  • por
  • Kia Chavious
  • FONTE
  • Ascom/Prefeitura



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook