Polícia liberta mãe mantida por filho em cárcere privado

Homem ameaçou idosa de 80 anos com armas brancas dentro de residência sem janelas e com porta eletrificada | Foto: Fabiano do Amaral

Homem ameaçou idosa de 80 anos com armas brancas dentro de residência sem janelas e com porta eletrificada | Foto: Fabiano do Amaral

18/10/2018 - 00h07

Um caso de cárcere privado no Condomínio Cantegril, em Viamão, na Região Metropolitana, mobilizou agentes da segurança pública desde as 14h desta quarta-feira. Um homem, de 41 anos, com transtornos psicológicos, manteve a mãe, de 80 anos, trancada dentro de uma residência na rua Grápia.

Viaturas da Brigada Militar, PC, Corpo de Bombeiros e do Samu se mantiveram a postos durante as negociações. A vítima foi liberada com o trabalho das autoridades por volta das 22h, mas o homem seguiu dentro da residência armado com uma espada samurai. A polícia provocou três explosões para abrir uma parede reforçada com chapas de aço e, às 22h30min, conseguiu prender o encarcerador. Ele sofreu escoriações leves. Conforme a BM, a residência tinha características de "bunker", sem janelas e com a porta eletrificada. Aparentemente, em tentativa de que a idosa não deixasse o local.

Conforme relatos de vizinhos, o filho dela teria problemas psicológicos. Segundo o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Oto Eduardo Amorim, ele manifestava comportamento agressivo. “Dentro da casa, visualizamos o sujeito com uma faca."

A síndica do condomínio relatou que ele morou fora do local por muito tempo e retornou há um ano para outra casa, enquanto a residência atual, da mãe, passa por reformas. Conforme o coronel Amorim, nos últimos dias, o homem recebeu encomendas de chapas de aço.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • CP



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook