Prefeito cria projeto que extingue taxa para estabelecimentos que queiram trabalhar em horário estendido
Wilson Trevisan entregou o Projeto de Lei Complementar ao presidente da Câmara, Everaldo Di Berti

Prefeito Wilson Trevisan e o presidente da Câmara, Everaldo Di Berti

Prefeito Wilson Trevisan e o presidente da Câmara, Everaldo Di Berti

26/03/2019 - 08h24

O prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, entregou para o presidente da Câmara de Vereadores, Everaldo Di Berti, no final da manhã de sexta-feira (22), um Projeto de Lei Complementar que libera do pagamento de taxas o estabelecimento comercial ou de prestação de serviços que quiser ficar aberto fora do horário normal.

Trevisan explica que o proprietário do estabelecimento precisará encaminhar um simples requerimento ao Município para atender em horário ampliado. “Na prática, o Poder Público vai parar de criar dificuldades para quem quer trabalhar. Hoje, por Lei, o Município precisa cobrar uma taxa de quem optar por abrir seu comércio fora do horário normal. Nossa intenção com essa proposta é extinguir esta taxa”, salienta.

Para Trevisan, a medida dará oportunidade para todos os comerciantes e prestadores de serviço que não possuem condições financeiras de pagar a taxa em questão e que ficam, dessa forma, em desvantagem com aqueles com mais poder econômico. O prefeito lembra ainda, que aqueles que optarem por um horário ampliado, terão que atuar de acordo com a Legislação Federal, obedecendo às leis trabalhistas.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • ASCOM/Prefeitura



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook