Saúde da boca: tenha um sorriso bonito e saudável

23/03/2019 - 12h19

É preciso cuidar da saúde da boca, pois dela depende a nutrição do organismo. Estudos comprovam que a saúde bucal tem íntima relação com a saúde geral, pois a boca interage com todas as estruturas do corpo. As más condições de higiene podem causar doenças bucais que, por sua vez, podem levar a enfermidades (ou agravá-las), principalmente doenças cardiovasculares e diabetes.

• Escove os dentes todos os dias, após cada refeição e antes de dormir, utilizando uma escova de tamanho adequado ao dente, com cerdas macias e creme dental com flúor. Completar a escovação passando o fio dental entre todos os dentes;

• Mantenha uma alimentação saudável, controlando a frequência da ingestão de alimentos doces, principalmente entre as refeições;

• Quem usa aparelho ortodôntico, deve preocupar-se ainda mais com a limpeza dos dentes e da gengiva, pois o aparelho retém muitos restos de alimentos;

• Vá ao dentista regularmente.

Cuide da sua saúde, cuide da sua boca!

Lesões bucais:

Devemos aproveitar os momentos da escovação dos dentes para observar se existem lesões:

- Manchas, caroços, inchaços;
- Placas esbranquiçadas ou avermelhadas, feridas; principalmente na língua, bochecha, lábios, céu da boca, embaixo da língua ou na garganta. 
- As lesões bucais mais comuns são feridas provocadas por:
- Próteses removíveis (dentaduras),
- Aftas,
- Herpes labial e 
- Inflamações gengivais.

Todas estas são benignas. Entretanto, em alguns casos, o câncer pode ocorrer na boca.

Se você tem mais de 40 anos de idade, é ou foi consumidor frequente de tabaco e bebidas alcoólicas, procure um profissional de saúde, dentista ou médico, para fazer um exame preventivo para o câncer de boca. O exame é visual, rápido e indolor. Se além do exame visual for necessário algum exame de laboratório, o profissional poderá solicitá-lo.

Principais fatores de risco para o câncer de boca:

• Uso frequente de tabaco, nas formas de cigarro, charuto, cachimbo ou outras. 
• Consumo frequente de bebida alcoólica. 
• Dieta baseada na ingestão frequente de alimentos ricos em gorduras e pobres em proteínas, vitaminas e sais minerais. 
• Exposição frequente ao sol, sem usar protetor (para os casos de câncer de lábio).


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • Sharon Bregalda - buco-maxilo-facial do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste - Diretora técnica - Katia Bugs - CRM 10375



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook