Sisu 2020: veja dicas para inscrição na seleção do primeiro semestre, que abre na próxima semana

14/01/2020 - 10h09

De terça-feira (21) até sexta-feira (24), estará aberta a inscrição para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O sistema permite que candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) disputem uma vaga nas universidades públicas participantes. São 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país.

A inscrição é feita pela internet com a nota do Enem, que deve ser divulgada nesta sexta-feira (17), segundo o calendário do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela prova.

No site do Sisu, é possível escolher duas opções de cursos, em diferentes universidades federais e estaduais espalhadas pelo país. Quem teve melhor pontuação no Enem tem mais chances de conquistar a vaga.

Para fazer esse planejamento, basta acessar o site http://sisu.mec.gov.br/cursos e fazer a escolha por nome do curso, instituição ou município.

O que o candidato deve saber sobre a inscrição do Sisu:

As inscrições vão de 21/1 a 24/1;

É possível escolher dois cursos (primeira e segunda opção);

O sistema atualiza uma vez ao dia e muda a ordem dos inscritos conforme a nota do Enem;

A primeira atualização será divulgada a partir da 0h de 23/1;

Recomenda-se que o estudante entre no sistema uma vez ao dia para saber se a disputa pela vaga ainda é viável ou se prefere mudar de curso;

O resultado da chamada regular sai no dia 28/1;

Se for aprovado na segunda opção de curso, o candidato não será incluído na lista de espera da primeira opção (leia mais abaixo);

O prazo para escolher participar da lista de espera é de 29/1 a 04/2;

A convocação da lista de espera será no dia 7/2 a 30/4;

Para qual universidade posso me inscrever no Sisu? Que curso escolher?

Entre no site do Sisu;

Pesquise por universidade, curso, ou município.

Mesmo antes do período de inscrição, o candidato já pode consultar o site do Sisu para saber quais universidades participam da seleção e quais cursos elas oferecem. Este ano, 128 instituições participam da seleção.

Qual a vantagem de me inscrever no Sisu?

O processo é simples, gratuito e pode ser feito a distância;

Inscrever-se em cursos e instituições de todo o Brasil.

Com o que devo me preocupar antes da abertura do Sisu?

Planejar e pensar nas principais opções;

Conversar com a família sobre as possibilidades de estudar longe da cidade de origem;

Pesquisar sobre programas de permanência oferecidos pelas universidades.

Eu preciso entrar no Sisu todos os dias?

Acompanhe as inscrições durante o período em que elas estiverem abertas;

As notas variam todo os dias de acordo com as pessoas que estão se inscrevendo;

Não deixe para se inscrever no último dia.

Conforme os candidatos vão se inscrevendo, a disputa vai ficando mais acirrada porque o sistema seleciona os estudantes pela nota do Enem. Assim, se um candidato com nota maior se inscreve depois, ele passa à frente do candidato que já estava inscrito.

Ao entrar no Sisu para verificar o ranking, o estudante deve avaliar:

Quantas vagas estão disponíveis;

Qual a posição em que se encontra;

Se a nota é suficiente para garantir uma vaga.

Se o estudante quiser concorrer a apenas uma vaga em uma única instituição, ele não precisa verificar o sistema todos os dias. Basta se inscrever e esperar. Mas se tiver mais de uma opção, o recomendado é que ele verifique a inscrição ao menos uma vez ao dia, entre 21 e 24 de janeiro, para ver se quer manter as opções selecionadas, ou se quer trocar de curso, instituição ou cidade.

Como funciona a lista de espera do Sisu?

O candidato que não foi selecionado pode escolher uma das duas opções para entrar na lista de espera.

Caso seja aprovado na segunda opção, o candidato não poderá entrar na lista de espera para a primeira escolha;

O candidato deve entrar no sistema entre os dias 29/1 e 04/2 para entrar na lista de espera.

Para os candidatos que não forem selecionados na primeira chamada, há a possibilidade de participar da lista de espera para a primeira ou segunda opção de curso para o qual o candidato optou por concorrer em sua inscrição ao Sisu.

Para isso, o candidato deve acessar o sistema entre 29/1 a 04/2 e selecionar em qual das duas opções deseja participar da lista de espera.

O Ministério da Educação (MEC) afirma que, na lista de espera, a convocação dos candidatos para a matrícula cabe às próprias instituições de ensino. Por isso, é importante que os candidatos acompanhem as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenha manifestado interesse.

Posso me candidatar pelo sistema de cotas no Sisu?

Se o candidato tem direito, ele deve escolher suas opções pelo sistema de cotas;

Cuidado em relação à documentação: se você não tem direito às cotas, não escolha esse critério.

Se eu não conseguir entrar na faculdade pelo Sisu, o que posso fazer?

Há outras possibilidades de ingresso no ensino superior, como os vestibulares;

O Sisu acontece também no segundo semestre de 2020.

Para quem, por ventura, não conseguir ingressar em uma faculdade pelo Sisu neste primeiro semestre, há outras formas de tentar entrar para o ensino superior.

Cronograma do Sisu 2020

Abertura das inscrições: 21 de janeiro

Fim das inscrições: 23h59 de 24 de janeiro

Resultado: 28 de janeiro

Prazo para participar da lista de espera: 29/1 a 04/2

Convocação dos candidatos em lista de espera: 07/2 a 30/4

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional
  • busca rápida
  • Sisu



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook