Vândalos danificam decoração natalina, depredam locais públicos e furtam materiais
Comunidade pode auxiliar a Prefeitura denunciando atitudes suspeitas à PM.

06/12/2018 - 14h59

Atos de vandalismo e desrespeito com bens públicos têm sido registrados diariamente em São Miguel do Oeste, em vários pontos da cidade.

Na manhã desta quinta-feira (06), mais um ato que está longe de ser humano foi registrado pelas equipes que trabalham e zelam pela decoração de Natal instalada em São Miguel do Oeste. Na área coberta da praça central, conforme o secretário adjunto de Cultura e Turismo, o Papai Noel teve seu rosto retalhado.

“Antes mesmo de termos inaugurado oficialmente a decoração do Natal 2018, alguns itens já haviam sido danificados. Um fato que nos entristece, pois há uma dedicação da nossa equipe durante todo o ano, pensando e programando o que será colocado nas ruas”, comentou Chaves.

Estão sendo atingidos, além dos materiais que compõem a decoração, espaços públicos onde servidores atendem a população, a exemplo de postos de saúde, praças, entre outros.

Segundo o secretário de Saúde, Leonir Caron, não é a primeira vez que o posto do bairro São Luiz é alvo de vândalos que quebram e depredam o prédio onde as pessoas são atendidas. “No local, desta vez, foram quebrados o bebedouro e, pela terceira vez, a casinha de depósito de lixo. No posto do Jardim Peperi tivemos furtados dois motores de climatizadores e, no São Gotardo, foi levado o motor do compressor do dentista”.

A secretária de Urbanismo e de Planejamento, Marli da Rosa, informou que as praças centrais também foram atingidas por pessoas mal-intencionadas que danificam as melhorias que têm sido executadas nestes locais. “Buscamos, diariamente melhorar estes espaços e oportunizar locais adequados, limpos e aconchegantes para nossas famílias. É uma pena que estas pessoas não prezam pelo bem público e, em atos constantes, estejam depredando o que tem sido feito”.

A Administração Municipal precisa do auxílio das pessoas, no sentido de denunciar quando perceber qualquer atitude suspeita. As informações devem ser repassadas imediatamente para a Polícia Militar, no 190.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook