BOLA EM JOGO: Cabe ao Inter salvar a lavoura dos gauchos

Campanha de Aguirre no comando do Inter aindaé bastante modesta

Campanha de Aguirre no comando do Inter aindaé bastante modesta

21/07/2021 - 12h24

Por Sergio Wathier
JRTV/São Miguel do Oeste

Após os fiascos do Grêmio na pré-Libertadores e na Sul-Americana, cabe ao Inter salvar a lavoura dos gaúchos. Nesta quinta, no Beira Rio, enfrenta o Olímpia, do Paraguai, precisando da vitória para avançar às quartas de final da Libertadores. Depois de acabar com um jejum que já durava oito jogos sem vitória em seu estádio, ao derrotar o Juventude por 1 a 0, a equipe colorada volta a campo nesta quinta (22), às 21h30,  para garantir sua classificação. 

Mas a coisa também não está fácil para Diego Aguirre. Embora o time dê indícios de evolução, alguns aspectos ainda deixam bastante a desejar, como, por exemplo, o aproveitamento ofensivo. A campanha do técnico ainda é bem modesta. Em oito partidas, foram duas vitórias, quatro empates e duas derrotas. Ou seja, de 24 pontos disputados, o Inter somou apenas 10, para um aproveitamento de 41,66%. Marcou 6 gols e sofreu 7 nessas partidas. Muito pouco para quem sonha alto tanto na Libertadores como no Brasileiro.

Já fazem três partidas que o goleiro Daniel não busca a bola em suas redes. Sinal de que a defesa começa a funcionar. Na bola aérea, que tanto preocupava, parece que o Inter melhorou bastante. O que falta acertar é a pontaria. Criar até que o colorado cria bastante, mas falha bastante nas conclusões. Esse é o dilema para esta quinta, porque do outro lado está um adversário que tem tradição, que se aproveitar uma bola pode complicar por demais a situação vervelha.  Essa é a hora  em que não pode ter vacilo.  É matar ou morrer.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • JRTV/Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook