Com vitória no tempo regulamentar e nos pênaltis, Pérola comemora título no Veterano

Foto ASCOM/Prefeitura

Foto ASCOM/Prefeitura

24/06/2019 - 13h18

Confirmando seu favoritismo, o Pérola conquistou o título do Campeonato Municipal de Futebol de Veterano de São Miguel do Oeste. O time do técnico Júnior Boff entrou em campo com uma difícil missão: tinha que vencer duas vezes - no tempo regulamentar e nos pênaltis - para ser campeão. O jogo de ida havia sido vencido pelo Vasco da Gama, por 1 a 0. E resgatou sua obrigação com extrema eficiência. O Pérola ganhou nos 80min por 2 a 0 e, posteriormente, nas cobranças de penalidades máximas, por 7 a 6 após 10 cobranças de cada lado.

Os goleiros Nei Rech e Elói, nos pênaltis, foram protagonistas, com defesas sensacionais. Nei já tinha brilhado durante o jogo, com uma defesa monstruosa, poucas vezes vista nos campos da região. Num chute de fora da área desferido por Barbieri, que tinha como endereço o ângulo direito do goleiro, Nei foi lá no segundo andar e de mão trocada, em pose para as lentes do JRTV, mandou para escanteio. Mesmo com um dos dedos da mão fraturado e com a virilha aberta, o "Paredão" ainda se deu ao luxo de bater e converter um dos pênaltis. Por isso ele não escondeu sua emoção ao final da conquista. Afinal foi um dos grandes nomes da decisão.

A vitória que levou o Pérola para decidir nos pênaltis, foi definida ainda no primeiro tempo. Pegando um rebote na entrada da área, Enéias, confirmando sua fama de artilheiro, mandou uma bomba para fazer 1 a 0. O segundo gol dos donos da casa foi marcado por Neguinho, aos 43min. A bola sobrou no bico da grande área, pelo lado esquerdo. Percebendo o goleiro adiantado, o meia mandou por cobertura, fazendo um golaço. 

Mesmo sem dois de seus principais jogadores - o zagueiro Egídio e o centroavante Vilsão cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo - o Vasco da Gama valorizou por demais a conquista do Pérola. No decorrer da partida ainda ficou sem Paulinho e Bilo, que foram mais cedo para o chuveiro por troca de gentilezas com Aty e Carlinhos. Os dois atletas do Pérola também receberam cartão vermelho.

Mas o jogo foi digno de uma decisão. O Pérola, com jogadores acostumados a grandes decisões, foi bem diferente daquele que tinha sido batido no bairro São Sebastião. Começou em cima do adversário e com autoridade construiu a vantagem de 2 a 0. Na etapa final, numa mudança tática do técnico Roniel Hoffmann, o Vasco foi bastante ofensivo, criando boas chances para marcar. Mas pecou nas finalizações ou encontrou no goleiro Nei um verdadeiro paredão.

A festa do Pérola iniciou no gramado do estádio Waldir João Fedrizzi e depois se transferiu para  o salão da comunidade, onde jogadores, dirigentes e torcedores confraternizaram numa grande churrascada. O prefeito Wilson Trevisan foi presença marcante na entrega da premiação oferecida pela Secretaria Municipal de Esportes, organizadora do campeonato. Na preliminar, o Grêmio Guamerim derrotou o Internacional, da Fátima, por 3 a 0 e ficou com o 3º lugar. Classificação final do Veterano: Campeão - Pérola; Vice-Campeão: Vasco da Gama; 3º colocado - Grêmio Guamerim e 4º colocado: Internacional.

FICHA TÉCNICA

PÉROLA   2 (7)
Nei; Valdo, Eder, Tiquinho e Marcos; Aty, Zancanaro, Carlinhos, Neguinho, Enéias e Fabinho. Também participaram da conquista Fernando, Beto, Nego, Moranga, Antunes, Jair, Fabiano, Rogério e Lale. Técnico: Júnior Boff.

VASCO DA GAMA 0 (6)
Neguinho; Edo, Baioco e Preto; Barbieri, Zanatta, Bilo e Marquinhos; Paulinho e Batista. Também jogaram Geovani, Amaral, Jair, Oséias e Jean. Técnico: Roniel Hoffmann.

ARBITRAGEM
Claudir Buss, Dirceu Klunck e Vanei Ritter.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • JRTV/Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook