Comarca de Mondaí repassa recursos para cobertura de academia ao ar livre da APAE

24/02/2021 - 18h27

Uma construção moderna e funcional que facilitará o trabalho dos funcionários e usuários da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Mondaí, extremo oeste de Santa Catarina, acaba de ser concluída com recursos repassados pelo Judiciário local. A obra de cobertura da academia ao ar livre foi um dos projetos aprovados com auxílio do Fórum da Comarca do Município. A inauguração está prevista para ocorrer após a liberação das atividades presenciais, com a pandemia controlada.

O projeto do Judiciário contempla a destinação de verbas oriundas de prestação pecuniária, da transação penal e da suspensão condicional do processo. O valor investido pelo Poder Judiciário foi de R$ 8.235,92 e a contrapartida da APAE foi de R$ 4.294,08. As entidades participantes são aquelas cujas atividades tenham caráter atrelado à segurança pública, educação e saúde, desde que atendam às áreas de relevante cunho social, como a APAE. Em 2020 foram 14 projetos contemplados pelo judiciário na Comarca.

Conforme o secretário do Fórum de Mondaí, Ricardo Conter, os recursos são distribuídos entre entidades dos municípios de Iporã, Riqueza e Mondaí, todos integrantes daquela comarca. "Essa é uma forma de prestação de serviços à comunidade e os apenados cumprem pena e contribuem com as entidades. É muito justo que essa verba fique aqui da região e ficamos felizes e gratos em distribuir esse dinheiro", pontua Ricardo. Todo ano o Fórum lança um edital de chamamento público para as entidades habilitadas encaminharem um projeto social. As entidades encaminham material, no qual diversos requisitos são analisados por uma comissão de cinco servidores.

Na avaliação do Presidente da APAE, Luiz Beuter, a parceria com o Judiciário é fundamental. "Por meio deles é que a gente consegue fazer as mudanças que são cabíveis. A academia ficava exposta ao frio e também ao sol nos dias muito quentes, então pouco conseguíamos utilizar. Já tivemos parceria da justiça em outros projetos e estamos extremamente agradecidos", avaliou Beuter.

De acordo com a diretora da APAE, Vanessa Toebe, a obra contou com investimentos de mais de R$ 12 mil reais que proporcionaram uma cobertura com estrutura metálica e telhas de aluzinco com isopor. "Estamos contando os dias para um possível retorno às atividades presenciais com nossos alunos. Eles poderão fazer uso da academia com monitoramento de profissionais capacitados tanto em dias ensolarados quanto dias chuvosos, oportunizando conforto e bem estar para as pessoas com deficiência. Em nome da família Apaeana, nosso muito obrigado pela parceria firmada com o poder judiciário da comarca de Mondaí", destacou Vanessa.

A academia foi construída em fevereiro de 2019 e contou com a aquisição de nove equipamentos adaptados a pessoas com deficiência física a partir de projeto do Instituto Guga Kuerten. Ainda conforme a diretora, a cobertura da academia proporcionará a realização de exercícios físicos em dias chuvosos e muito quentes, além de oferecer conforto para alunos e profissionais que fazem uso do espaço. O espaço será utilizado nas aulas de Educação Física, Terapias com Terapeuta Ocupacional e trabalhos com os fisioterapeutas.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook