COVID-19: Santa Catarina volta a ter todas as regiões no nível gravíssimo
UTI para Covid-19 com leitos próximo aos 100% de ocupação. A média móvel de óbitos por Covid-19 reduziu 25%

18/04/2021 - 08h33

Subiu para 16 o número de regiões em nível gravíssimo em Santa Catarina. A matriz, que avalia a situação da Covid-19 no Estado, foi divulgada na manhã deste sábado (17), pela Secretaria de Estado da Saúde.

As regiões apresentaram nota quatro, o nível mais elevado, na dimensão de Capacidade de Atenção, que é aquela que aponta a ocupação de leitos hospitalares. Nesta semana não há regiões nos níveis alto (amarelo) ou moderado (azul).

Na última semana, depois de quase dois meses, Santa Catarina voltou a ter quatro regiões no nível grave na matriz de risco, o que mostrou uma ligeira melhora, considerando que há algumas semanas o Estado estava todo no “vermelho”.

Porém, na nova atualização, todo o Estado permanece em alerta máximo em relação ao novo coronavírus, principalmente em relação à capacidade de atenção, com todas as regiões apresentando leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto reservado para Covid-19 operando em sua capacidade máxima, próximo aos 100% de ocupação.

As regiões Carbonífera, Extremo Sul Catarinense, Grande Florianópolis e Foz do Rio Itajaí, que na semana passada estavam classificadas em nível grave, passaram para o nível gravíssimo, principalmente por conta das mudanças na dimensão da transmissibilidade.

Segundo a SES, o aumento da transmissibilidade nestas regiões reflete um crescimento no número de casos ativos detectados na última semana, podendo ser explicado, em parte, por uma possível redução na adesão das medidas de distanciamento social.

Foi observada uma redução de 25% na média móvel de óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias, e uma redução de 19% nos últimos 7 dias. Já em relação aos casos ativos, observa-se uma redução de 26% na média móvel dos últimos 14 dias, e uma estabilização nos últimos 7 dias.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS