Empresa de Xaxim tinha 250 pessoas quando incêndio começou

Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

02/09/2021 - 18h50

Dados inicias apontam que cerca de 250 pessoas estavam no barracão da Rafitec, indústria de sacarias do município de Xaxim, no Oeste de Santa Catarina, no momento do início do incêndio de grandes proporções que atingiu o local na tarde desta quinta-feira (2).

Segundo informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros Militar, que seguem no local no combate às chamas, todos os funcionários da empresa saíram a tempo.

Ao menos sete pessoas precisaram de atendimento médico por queimaduras e intoxicação pela fumaça. Até às 19h55 desta quinta, não havia informações sobre o estado de saúde destas pessoas e se havia mais vítimas.

Oito caminhões do Corpo de Bombeiros da região, além de 30 bombeiros trabalham no combate às chamas. Caminhões pipas de empresas particulares das prefeituras da região também auxiliam no local.

A PM (Polícia Militar) também está no local para evitar que curiosos se aproximem da fábrica, uma vez que há risco de explosão. Até às 19h55, o incêndio seguia em grandes proporções. Cerca de 15 imóveis da região estão sem energia.

Entenda o caso

Um incêndio de grandes proporções atinge um barracão da Rafitec, indústria de sacarias do município de Xaxim. A nuvem de fumaça preta é vista de longa distância. O incêndio iniciou por volta das 15h50 e mobilizou as equipes do Corpo de Bombeiros Militar. Há risco de explosão no local.

Segundo informações apuradas no local, o barracão onde o fogo iniciou continha produtos químicos. Ainda não há informações sobre o que ocasionou o incêndio.

Sobre a empresa

A Rafitec é especializada na produção de embalagens de polipropileno para os mais diversos segmentos da agroindústria. É considerada a maior indústria de ráfia da América, atuando na produção de sacarias, big bags e tecidos sintéticos.

O empresário Eloy Luiz Vaccaro, dono da Rafitec, morreu recentemente, no dia 26 de agosto, aos 83 anos. Ele estava internado em um hospital da cidade de Celebration, em Orlando, Flórida (EUA). A morte foi confirmada em um comunicado divulgado pelo Vaccaro Group. A causa da morte não foi informada.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP.  



  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS