Encontro regional avalia resultados do Programa Brasil Mais
Primeiro ciclo teve a participação de 38 empresas no Extremo Oeste.

25/02/2021 - 10h53

Avaliar os resultados obtidos nas empresas do extremo oeste catarinense e preparar os próximos ciclos do Programa Brasil Mais foram os propósitos do encontro regional, nesta semana, no auditório do Sebrae/SC no município de São Miguel do Oeste. Participaram agentes locais de inovação, consultores e coordenação regional e estadual do programa. A iniciativa é implementada com o acompanhamento do Agente Local de Inovação (ALI), do Sebrae/SC em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

O Programa Brasil Mais busca aumentar a produtividade das empresas e ampliar a eficiência do setor produtivo e a competividade do País. A meta em Santa Catarina é atender 13.200 empresas até 2022, entre micro e pequenos negócios dos setores do comércio e serviços. A ação reúne metodologias e ferramentas de baixo custo voltadas à melhoria da capacidade de gestão e de produção, para reduzir desperdício e aprimorar processos.

Na região extremo oeste 38 empresas foram atendidas no primeiro ciclo, que começou em novembro de 2020. “Vários participantes se destacaram e obtiveram resultados positivos, mesmo com a estagnação econômica provocada pela pandemia. Entre os resultados observa-se a melhoria interna no negócio e no desenvolvimento de novos serviços nas empresas”, analisou o gestor estadual do Programa ALI no Sebrae/SC, Denilson Coelho.

As inscrições para participar do Programa Brasil Mais estão abertas enquanto durar o projeto, que é realizado em ciclos de quatro meses. O próximo inicia em março e tem 44 vagas para empresas do extremo oeste. Os empresários interessados devem se inscrever pelo link gov.br/brasilmaisInformações pelos telefones (49) 3631-2107 e (49) 98412-1006 (também WhatsApp) ou pelo e-mail miguel@sc.sebrae.com.br.

“A procura é grande na região, por isso temos lista de pré-inscritos. Mas o empreendedor que deseja inovar, se não conseguir ingressar neste ciclo, participará do próximo. Essa demanda é reflexo dos resultados obtidos pelas empresas que já participaram. Conforme levantamento da entidade, o extremo oeste até o momento tem os melhores números do Estado”, comentou o gerente regional do Sebrae/SC no oeste e no extremo oeste, Udo Martin Trennepohl.

DEPOIMENTO

A diretora administrativa, Simone de Cristo (PC Cursos/Palmitos), explicou que sua expectativa com o programa era de inovar e buscar melhorias, porém se surpreendeu com os resultados. “Nos tornaremos polo de graduação e pós-graduação de ensino a distância e estamos negociando para oferecermos Educação de Jovens e Adultos EAD. São dois projetos que sonhávamos em realizar, mas faltava um incentivo, que veio por meio do programa”, avaliou ao comentar que as formalizações das parcerias alavancarão significativamente os indicadores financeiros.    

PROGRAMA BRASIL MAIS

O Programa Brasil Mais é uma parceria entre Sebrae, Ministério da Economia, CNPQ, Senai, Secretaria de Produtividade, Emprego, Competividade e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). O objetivo é elevar a produtividade das empresas brasileiras, com a promoção de melhorias rápidas e de alto impacto.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook