Exame de DNA confirma autoria do estuprador que obrigou mulher a entrar em carro

26/05/2021 - 17h59

Uma denúncia de estupro foi registrada no dia 10 de janeiro na Delegacia de Polícia, no município de Cunha Porã. Na ocasião, um homem armado com um revólver abordou uma mulher que estava caminhando na rua e a obrigou a entrar no veículo, levando-a até uma estrada no interior do município, onde forçou a vítima a manter relações sexuais.

Durante a investigação, a Polícia Civil conseguiu coletar elementos que levaram a prisão de um homem, de 30 anos, morador de Maravilha.

Na ocasião também foi coletado material biológico do suspeito e encaminhado ao Instituto Geral de Perícias (IGP), para confrontar com o DNA encontrado nas roupas da vítima. O exame atestou que o DNA pertencia ao investigado.

O exame feito pelo IGP serviu para sepultar qualquer dúvida existente quanto a autoria do crime e fortaleceu os inúmeros elementos que já haviam sido coletados pela Polícia Civil durante a investigação.

O investigado que continua preso, teve seu DNA inserido no Banco Nacional de Perfis Genéticos para que possa ser confrontado com investigações futuras e com casos ainda sem resolução.

O delegado João Luiz Miotto, responsável pela investigação, citou que o presente caso é um exemplo perfeito de como o Estado, por meio de seus órgãos, pode obter excelentes resultados quando os órgãos agem de forma integrada e unida.

Segundo Miotto, desde a comunicação do crime, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal atuaram, em conjunto com a Polícia Civil, repassando as informações obtidas e auxiliando na coleta de dados da investigação realizada pela Polícia Civil que conseguiu rapidamente identificar e prendeu o autor, coletando importantes elementos de investigação em sua residência e no veículo utilizado no crime juntamente com o Instituto Geral de Perícias, que rapidamente processou e analisou as amostras coletadas resultando na confirmação do DNA do investigado com o material biológico localizado nas roupas da vítima.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS