Grêmio sobe. Inter é líder. Flamengo se agiganta. Palmeiras desaba. E Corinthians é humilhado

Inter em grande fase no Brasileiro

Inter em grande fase no Brasileiro

19/10/2020 - 09h57

Por Sergio Wathier
JRTV/Jornal Regional

O Grêmio fez boa partida no Morumbí, no sábado. Merecia a vitória, não fosse a desastrosa arbitragem do catarinense Rafael Traci, árbitro de vídeo na polêmica derrota do São Paulo para o Atlético-MG, e que na última hora foi escalado para dirigir o clássico de tricolores. Outra mudança: O responsável pelo VAR, Rodolpho Toski Marques, também teve criticada a atuação no empate em 3 a 3 com o Fortaleza, no meio da semana, pela Copa do Brasil. Acabou substituído por Elmo Alves Resende Cunha para o duelo com o Grêmio. Enfim, os árbitros de campo e do VAR foram um fiasco, sonegando pelo menos dois pênaltis (De Reinaldo em Pepê e do mesmo Reinaldo em Geromel)  e duas expulsões (na falta de Reinaldo em Pepê e de Daniel Alves em cima de Luiz Fernando) a favor do Grêmio. 

O mais grave, que levou a direção gremista à revolta, foi o fato do VAR não ter sido utilizado nesses lances polêmicos. Daniel Alves quase quebrou a perna de um jogador gremista e ficou no cartão amarelo. Significa dizer que a pressão exercida pelo São Paulo durante a semana naCBF funcionou. Em resumo, o Grêmio mais uma vez foi prejudicado pela arbitragem e deixou dois pontos preciosos na Capital paulista. Através de nota oficial, o presidente Romildo Bolzan não poupou críticas à arbitragem e disse que os erros cometidos colocam o campeonato sob suspeita.

Mas o futuro gremista na competição depende dos próximos três compromissos. O tricolor gaúcho enfrenta Bragantino e Goiás (jogo atrasado), em casa, e Atlético-PR fora. Os três estão na zona de rebaixamento. Isto é, caso vença os três jogos, chegará aos 30 pontos e ainda no primeiro turno figurará no bloco de cima da tabela. O time de Renato melhorou de rendimento e agora, com todos os titulares à disposição, a tendência é de apresentar um futebol mais convincente.

Já o Inter, que engatou quatro vitórias seguidas, dormiu na liderança, com 34 pontos. De positivo não apenas os resultados, mas também a produção da equipe. Mesmo alterando o time nos jogos, Coudet conseguiu que a boa produção fosse mantida. Na pior das hipóteses, o Inter terminará o primeiro turno brigando pela ponta de cima na tabela.

INTER É SÓ ALEGRIA

E chegou a hora da verdade para o Inter. Nos seus próximos dois compromissos dirá a que veio no campeonato. Domingo pega o Flamengo no Beira Rio e no outro sábado sai para enfrentar o desesperado Corinthians. O jogo contra os cariocas será o maior teste até agora. Estão iguais em pontos na tabela e ambos vem de uma série positiva de resultados. Para quem entrou no Brasileiro desacreditado, o Inter está superando a expectativa. Empatou o Grenal. Venceu o Atlético mineiro. E agora, no Beira Rio, tem a oportunidade, contra o Flamengo, de mostrar que a ótima campanha não é obra do acaso. 

E quem diria que Guerrero não deixaria saudades. O goleador colorado teve uma lesão séria e volta só em fevereiro do ano que vem. Depois que ele deixou a equipe, Galhardo assumiu o papel de protagonista. É o goleador da competição, com 13 gols, cinco deles marcados de pênaltis. Além dele, também estão jogando o fino da bola Edenilson e Patrick. Outra boa notícia foi o retorno de Rodrigo Dourado. A esperança dos vermelhos é que o volante recupere o futebol exuberante que o consagrou e que inclusive o levou à seleção olímpica campeã. 

PITACOS:

***Fortaleza fazendo estrago em cima de estrago. A vítima da vez foi o Palmeiras. Mas antes os cearenses já haviam despachado o Inter e o Atlético mineiro. E que vendeu caro, no Maracanã, a derrota de 2 a 1 para o Flamengo. Rogério Ceni fazendo história no Fortaleza.

***Quando o Corinthians venceu por 1 a 0 o Athlético-PR, jogando mal, no primeiro jogo com o técnico Vagner Mancini comandando a casa mata do Timão, teve gente que se apressou a falar que o Cornthians tinha retomado seu jeito de jogar. E agora, o que dizer, depois dos humilhantes 5 a 1, fora o baile, aplicados pelo Flamengo dentro do Itaquerão.

***Palmeiras caiu em desgraça. Demorou para perder, mas foi perder a primeira e não parar mais. Com os 2 a 0 que levou do Fortaleza, chega a quarta derrota consecutiva. Pior que isso foi ver uma equipe em campo desmotivada e sem comando. O Verdão caminha a passos largos para o caos.

***Com 13 pontos e em penúltimo lugar na tabela, o Cruzeiro corre sério risco de cair para a Série C. Uma situação inimaginável com um dos gigantes do futebol brasileiro. Acho que nem Felipão vai dar jeito. O time mineiro é fraco e se escapar do rebaixamento já estará no lucro. Indicativo de mais uma temporada na segundona. 

***Com 30 pontos, Chapecoense está em segundo lugar e caminha firme para retornar ao convívio dos grandes em 2021. A permanência do técnico Umberto Louzer é fundamental para que as coisas não saiam dos eixos. 

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • JRTV/Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS